Vá de Sedex :: Siga pelo Email

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

[História dos Videogames] Blanka secreto é o maior segredo da série Street Fighter


Street Fighter: The Movie é um dos jogos menos populares da famosa série de jogos. Sua versão mais popular foi a que foram para os consoles (Street Fighter: Real Battle on Film) e ainda assim é confundida como a única versão existente. Sabe-se que a versão para consoles tem animações bem capadas, apesar de contar com um estilo de jogo mais familiar para quem joga os tradicionais Street Fighter II. 

Recentemente, foi também divulgado a possibilidade de escolher Shin Gouki (Super Akuma) na versão SNES de Street Fighter Alpha 2. Porém, o maior segredo de toda a série Street Fighter é a presença do personagem Blanka em Street Fighter: The Movie em sua versão para os fliperamas.

Sabe-se que o jogo adaptado do filme foi desenvolvido com o objetivo de desbancar Mortal Kombat II, seu maior rival nos Arcades desde seu primeiro título em 1992. Para isso, até alguns ex-programadores da Midway foram contratados pela Capcom americana para dar uma forcinha. 

Street Fighter: The Movie era pra ser Street Fighter III, na realidade. O jogo teve pouco tempo para preparação, com o intuito de ser um produto para ser lançado junto com o período quente de lançamento do filme nos cinemas e, consequentemente, nas locadoras. O que era pra ser um projeto trabalhado para ficar completo em 2 ou 3 anos, acabou sendo trabalhado em meses. Então o jogo saiu em 1995, faltando muito do que Alan Noon - um dos programadores mais importantes do cast - havia pensado para incluir no jogo final. E um deles foi, sem dúvida alguma, o personagem Blanka. 

Recentemente, a curiosidade foi revivida no Twitter. Que, para a surpresa de muitos (até eu mesmo incluso), o personagem Blanka pode ser visto no jogo.






 


No Twitter, o usuário D.J. Tatsujin  descreve o seguinte: 
" Coisas que eu nunca vi antes. Eu estava jogando Street Fighter: The Movie Game (Arcade) umas mil vezes e nunca havia visto Blanka pular no estágio. Jogando o game em outra noite, ele fez isso múltiplas vezes. Não me lembro ao certo de ter visto isso em algum ponto anteriormente. 

Street Fighter: The Movie foi feito para competir com Mortal Kombat, e a melhor forma para isso foi quase que se equiparar a ele com o modelo de 6 botões da série tradicional. Alguns comandos para execução de golpes chegam a ser levemente semelhantes (segurar botão por 2 segundos para algum golpe novo, por exemplo) mas há também outros elementos que o transformam o pioneiro na série (como ter mais de um movimento especial extra que dependa da barra SUPER ou da barra de vida). A outra qualidade feita para disputar com o rival Mortal Kombat, são os seus diversos códigos secretos para liberar opções no jogo - como o modo de times ou então alterar músicas, escolha automática de personagem e aparências do jogo. Fora também códigos usados no meio do jogo que alteram cenários (como explodir torcedores no cenário das grades - que, no filme, é uma adaptação do cenário do ninja espanhol,Vega). 

Segundo o site TCRF o Blanka não é selecionável mas seus finais estão inclusos em algum arquivo do jogo. Para acessá-lo, é preciso jogar com o Super Bison (chefe secreto do modo de times) através de um hack no sistema. 


Existem pelo menos dois arquivos no jogo associados a Blanka: Blanka Found e Blanka Fight . Ao conseguir a presença de Blanka no jogo (vencendo 50 lutas no modo versus), os valores de Blanka Fight aumentam mas o Blanka Found não é alterado. Isso significa que... os desenvolvedores estavam realmente considerando Blanka um personagem secreto no jogo? De explodir cabeças. 

E vocês, sabiam que o Blanka estava na versão para Arcades ?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...