Em Destaque

sábado, 7 de julho de 2012

[Santuário: Conectado] Imprensa e críticos APLAUDEM DE PÉ a primeira sessão de 'Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge'



SANTUÁRIO CONECTADO EXCLUSIVO 
Imprensa e críticos APLAUDEM DE PÉ a primeira sessão de 'Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge'


Finalmente temos uma excelente notícia sobre o terceiro filme do Batman, dirigido por Christopher Nolan. Recentemente aconteceu uma sessão reservada (como aqueles de testes antes do filme vir a grande público)  limitada entre 40 e 50 pessoas, para a parte da imprensa e muitos críticos especialzados. Eles ficaram empolgados com o resultado, e o filme foi APLAUDIDO DE PÉ, segundo a repórter Lauren Hiestand. 

Veja um depoimento de um crítico Americano, Tom McAuliffe

Finalmente terminou a sessão de Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge..é muito incrível..mal posso esperar para ver de novo e de novo. Nota 9 de 10 para mim. O Espetacular Homem-Aranha fica com 7.5 e os Vingadores com 8.5. A terceira parte é a melhor história de toda a trilogia para mim. O Cavaleiro das Trevas é um clássico, mas nesta trilogia este filme excede.  É um final que ficará certamente na memória. História bem contada, atuações brilhantes, grande edição e trilha sonora incrível. 


E ao ser questionado (quanto aos melhores momentos): São coisas que eu critico em todo filme, esse supera em várias medidas. Haverá algumas surpresas não tão grandes, a beleza do filme é como a sua história foi contada. 
Tom Hardy está incrível como Bane, o enredo é fantástico. Eu acredito que o Coringa é tão icônico quanto Bane, com diálogos memoráveis, mas a história é grandiosa, incluindo a origem de Bane. O Poderoso Chefão 3 não deveria ter existido, X-Men 3 & Homem-Aranha 3 eram terríveis, este filme foi um perfeito capítulo final para uma trilogia. 


Essa crítica do SHH também é bastante interessante: 

Bane, embora nem de longe tão impressionante como o Coringa, foi uma excelente escolha para um cara mau. Esse cara é pura maldade. Há um momento particularmente violento que envolve o Bane e um pobre cara de Wall Street. É algo que todos os pais precisam estar ciente antes de adotar crianças. A personagem Selina foi grandiosa e Hathaway fez sua própria interpretação, e há muitos poucos traços de origem de seu passado que entram em jogo. Joseph Gordon Levitt não é Robin, e nem aparece no uniforme. Ele é apenas um policial idealista. Nada mais. Seu personagem é bem tratado e escrito. Bale foi excelente como Batman e finalmente, A voz de morcego, é feito com justiça. Não é forçado como era anteriormente. Cenas de ação foram excelentes e realmente fazem este movimento épico. Os últimos 20 minutos com Batman e Bane são alguns das melhores cenas de luta que já vi em um filme de super-herói. A câmera é puxada para trás e desacelera para mostrar os golpes.

As notas vem do site wegotthiscovered.com


Desculpem, mas eu não me contive: Poorra, puta merda que legal vão contar a origem do Bane e espero que seja também visual - coisa que não aconteceu com os os vilões anteriores da saga dirigida pelo Nolan (e a história de origem do Coringa era contada por ele mesmo..embora meio confusa..entre as vítimas que ele fazia).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...