Vá de Sedex :: Siga pelo Email

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

[Elas Sabem Jogar: Perfil] mahreen - Laura Destruidora do Street Fighter V, direto do Centro-Oeste dos Estados Unidos


Elas Sabem Jogar traz à você a série
PERFIL

O objetivo da série Elas Sabem Jogar: Perfil é trazer a melhor informação possível para que toda a comunidade dos videogames e da cultura pop em geral possa conhecer a importância e a existência das jogadoras de videogame. Sim, elas existem e não é lenda típica de conto de fadas. Elas podem ser gente como a gente, jogadoras top, profissionais ou casuais. 


ELAS SABEM JOGAR POR QUE AMAM JOGAR  !


Diretamente dos Estados Unidos, a nossa primeira entrevistada é uma figura ilustre no cenário competitivo internacional de Street Fighter V. Sua alta performance com a personagem Laura Matsuda é impressionante. Podemos facilmente considerar que Marine "mahreen" é a melhor jogadora de Laura do mundo.



Recentemente representante da ᑌYᑌ⚡, mahreen é jogadora profissional da comunidade dos jogos de luta (FGC), parceira Twitch e até virou embaixadora da HORI (uma marca de controles Arcade bem famosa da atual geração de jogos de luta).

Gentilmente, ela aceitou a entrevista prometida há (pasmem) 1 ano e respondeu tudo em horas. Foi, tipo, muito rápido, assim como o seu caminhão de habilidades que passa a roda nos seus oponentes com tanta precisão que só conseguimos ver no replay.


Vai encarar a fera ?


BATE - PONG MULTIPLAYER
SIMULADOR DE PERGUNTAS & RESPOSTAS
MR: Mestre Ryu 
m: mahreen



MR: Desde quando você curte videogames?

m: Eu comecei a jogar videogames influenciada pelo meu pai. Tudo começou com um Gameboy e Nintendo 64! Você sabe, eu estava viciada e eu queria continuar jogando mais videogames.


MR: Você acreditava que seria uma competidora em algum momento ? Quando surgiu a vontade de competir ? E em quais jogos você costuma competir?
m: Eu nunca pensei que eu fosse me tornar um competidora. Quando comecei em Ultra Street Fighter IV, eu era terrível. Eu estava jogando casualmente e nunca pensei em melhorar. Mas então, eu cheguei a um ponto aonde eu contemplava se eu queria ficar melhor. Isso pode parecer bobo e mesquinho, mas desencadeou o meu potencial de pico quando uma maçã podre em nossa cena (felizmente, ele não está mais em nossa cena) me insultou e assumiu que eu estava na minha cena (dos jogos de luta) para monopolizar toda a atenção. Isso me fez querer provar que todas as mulheres na cena pode melhorar e chutar a bunda se você colocar no tempo e esforço. Eu não competi em USF IV fora do meu local, porque eu estava ansiosa, mas me ajudou a preparar mentalmente para o que estava por vir. Avançando para 2017, joguei no meu primeiro torneio fora do meu local, que foi a Combo Breaker. Então, tudo começou a partir daí !


MR: O que um competidor precisa para ter para ser visado? É muito difícil entrar nesse meio profissional ?

m: Ser um indivíduo gentil e genuíno disposto a aprender e ser o melhor é um vencedor no meu livro. Você só será notado se você estiver obtendo nomes, fazer stream é um plus, e interagir com os outros nas mídias sociais. Isso irá ajudá-lo a melhorar com o seu próprio ofício!


MR: E pra você, quais são as suas maiores dificuldades ou limitações ? Como você lida com elas?
m: Minhas maiores dificuldades estão se tornando mesquinhas e ficar facilmente frustrada com o jogo. Tem sido difícil para mim encontrar o meu controle mental e me manter com ele, mas o sal adormece e toma conta. Como tenho muitos amigos, fico disposta a relaxar e jogo para ganhar. Todo mundo está em um torneio para ganhar e você está com todo mundo no mesmo barco. Você só pode subir a partir daqui, é o que eu sempre digo (risos).

MR: Nesse meio gamer, existem situações tristes os quais você já passou? m: Eu tenho dois momentos mais tristes para compartilhar. Mandando mal no Frosty Faustings 2018 e na Canada Cup 2018. FF foi o primeiro torneio do ano e eu tomei 0-2 lá. Fiquei arrasada e estava cansada de me sentir como um jogadora ruim. Eu acho que chorei por uma hora por causa disso, mas me senti muito melhor jogando com os amigos e tê-los para me incentivar a continuar jogando e ser melhor. Avancei rápido para a CC, fui enviada para a CC a partir da ajuda de r / SF e da comunidade que eu ainda sou grata. Eu não fui bem no CC e isso me fez pensar sobre como eu também tomei 0-2 no FF (eu saí por 1-2 no CC). Sim, eu também chorei depois de mandar mal (risos). Foi muita pressão sobre mim, porque eu senti que deixaria um monte de gente triste e que outras pessoas poderiam facilmente tecer comentários negativos de que as mulheres não podem jogar videogames. Foi um momento muito difícil para mim e realmente pensei em desistir. Ainda bem que não o fiz.


MR: Quem são as suas maiores inspirações ?

m:  Minhas maiores inspirações ... acho que não tenho nenhuma, mas as pessoas que realmente admiro são Miky "Samurai" Chea, Carolyn "MamaDao" Dao e Ben "MeanSaltine" Chandler. Essas pessoas me pressionaram a melhorar e me concentrar no meu ofício como jogadora. Muito obrigada por tudo.


MR: O que você gosta de fazer no seu tempo livre?
m: Gosto muito de desenhar e jogar Monster Hunter com meus amigos (geralmente meu jogo favorito quando estou esgotada do SFV).


MR: Que mensagem você deixa para as pessoas tóxicas no meio competitivo ? m: Não seja um idiota. Custa U$$ 0, 00 para ser educado. Estamos todos aqui pela mesma coisa, apertamos botões e vemos quem realmente vai para o topo. Depois, aprendemos com eles e tentamos vencê-los da próxima vez. É realmente simples assim.

MR: Pode dizer um pouco sobre você além dos games?
m: Recentemente, me formei em Programação Web e Banco de Dados e segui com uma posição de Desenvolvedor de Software Júnior em uma empresa na qual eu realmente queria trabalhar. Por causa disso, tornei-me a primeira a me formar com um diploma universitário em minha família.

MR: Se não foi respondida anteriormente, você possui alguma outra habilidade ou especialização além dos games?
m: Não sei quais são as minhas habilidades, mas uma coisa estranha é que me lembro especificamente do que comi há 5 anos (risos).


MR: Tem alguma preferência por algum videogame, títulos de jogos, quadrinhos, séries de TV e filmes? Diga-nos o que você pensa a respeito.

m: Eu realmente não tenho preferências. Você escolhe e se eu gostar, eu jogo, leio ou assisto. Mas eu gosto de assistir anime e ler mangá (risos).


MR: Qual o seu maior sonho?
m: Ser um eu melhor e ser feliz comigo mesma.

MR: Como uma figura pública, o você faria com 1 milhão de dólares ? m: Se eu pudesse ter um milhão de dólares, teria que trabalhar duro com o diploma e acabei fazendo o suficiente para me sustentar e aproximar as pessoas ao meu redor.

MR: Projetos para o futuro? 
m: Não tenho projetos em mente. Provavelmente apenas desenvolvendo projetos (risos).


MR: Qual mensagem você deixaria para os jogadores do mundo ?
m:  Jogue no seu estilo, não hesite nas decisões que você toma e mostre quem você é para os outros. Não há regras nos videogames que você possa fazer isso ou aquilo. Apenas faça.


Aonde encontrar ᑌYᑌ⚡mahreen nas redes sociais:

- Twitter e Instagram:
- Twitch:

- Discord: The POOP Squad (discord.gg/xst3thB)


Pra finalizar, confira essa linda copilação de suas melhores jogadas online:



Sinopse: Uma entrevista com a brincalhona e divertida mahreen que, além dessas qualidades,
tem uma baita história pra contar e compartilha muito sentimento e sagacidade sobre o que pensa do competitivo. Gentilmente participou do bate-papo que inaugura a série de entrevistas Elas Sabem Jogar: Perfil. O vídeo 'Do you Know mahreen You Should!' mostra a você quem é mahreen.


UM ENORME AGRADECIMENTO À mahreen PELA GENTILEZA EM ACEITAR O NOSSO CONVITE

E à você, muito obrigado por acompanhar até aqui e espero que tenha gostado. Nos ajude espalhar o amor pelas jogadoras de videogame compartilhando este material e curtindo a página Elas Sabem Jogar no Facebook. 


Até mais. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...