Vá de Sedex :: Siga pelo Email

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

[A Marginalização do Nerd] Os Falsos Ídolos


Há uma esmagadora diferença entre ser um ídolo e ser um talento nato. Há poucos que usufruem dessa combinação.

A MARGINALIZAÇÃO DO NERDd
OS FALSOS ÍDOLOS



Lúcifer foi um anjo belo e talentoso. Porém, sentia inveja da criação de Deus, os homens. Como castigo, foi punido e jogado dos céus para o inferno, se tornando o Diabo.

Nos tempos em que vivemos, a vilania, a desgraça alheia, são sabores de prazer para as pessoas. Numa época em que o errado vira o certo, o proibido é mais interessante do que tudo simplesmente por que é proibido. Quando o amor se esfriou, sobrou provar do desconhecido – para satisfazer o seu próprio ego - sem temer ferir o próximo. Foi a desgraça que Adão e Eva causou. Hoje, nós temos diversos Adões e Evas provando de frutos proibidos, causando desavenças entre as comunidades e harmonias.

As pessoas gostam de se arriscar só pra querer mudar a rotina, como se estivesse sem nada pra fazer. Acreditam que são movidas apenas a emoções fortes mas não buscam encarar o desafio de descobrir o verdadeiro amor de si mesmo ou de despertar o amor do próximo. As pessoas não querem esse tipo de desafio, querem apenas se saciar sem responsabilidade alguma. Logo, você também se força a não ser obrigado a conquista-las.

Os Lúcifers de hoje estão mascarados em rostos sedutores nas redes sociais, por vezes em busca de outros rostos sedutores para satisfazer seu ego. Estes rostos sedutores usam talentos para conquistar o sentimento das pessoas, que possuem memória, para se deliciarem de suas paixões e então destruí-las. Se é uma minoria ou uma maioria, isso não importa.

O que importa para uma massa esmagadora de gente reconhecer é quando elas também se sentem enganadas – enquanto isso, vão provando do fruto proibido para se saciarem sem se importar que aquele seu irmão ou colega está sofrendo pela decepção que encontrou.

Às vezes, alguém muito transparente surge para fazer as máscaras caírem e acaba sendo confundido como apenas um tumultuador, um opressor, um vilão, quando na verdade é apenas transparente, sem máscaras. Quer as coisas limpas, quer expor toda a merda porque está de saco cheio de tanta ilusão que uma comunidade gerada pela inclusão digital deveria antes de tudo unir, orientar a apoiar o amor coletivo e não unir e destruir a todos.
Os Lucifers usam aquilo que é de mais valioso das memórias em seu coração, usa com propriedade de tal forma que nem mesmo você imaginaria. As pessoas gostam de serem surpreendidas porque tem sentimentos e sentimentos é a coisa mais frágil do ser humano.

Há as pessoas sentimentalmente fortes que se destacam e despertam com inteligência e vêem aquilo de uma forma analítica. Colocam a razão acima da emoção e chegam ao real consentimento. Mas pouquíssimos despertam isso. Logo, essas pessoas se tornam isoladas, escondidas em alguma caverna. Raramente vêem a luz por que a luz é dolorosa demais para elas – aquela luz falsa que deveria lhe trazer saúde, enaltecer suas lembranças, com novas alegrias, mas na verdade não passa de uma ilusão porque a luz verdadeira se foi há muito tempo. Infelizmente, tentam rebuscar a luz em forma de recordação quando na verdade é só uma cópia dela.

Você teve uma bela infância com jogos de luta ou simplesmente bons momentos com ele nos anos 90. Hoje você usa internet para interagir com pessoas que viveram a mesma época que você. Encontra pessoas muito boas, grandes amigos. Vem alguém com grande propriedade a respeito do seu jogo favorito, conhece muito sobre aqueles Lutadores de Bar: O Início – Parte III, aquele jogo que marcou época.

Você acompanha e assina o Tolo EnTube e vê um canal bem legal aonde o Selcerino, que veio da Tailândia, sabe tudo sobre a produção do jogo até por que ele mesmo trabalhou na própria fabricante da obra na época.

Hoje o Selcerão é um peão assalariado igual a você só que está fazendo sucesso justamente por sua esmagadora divulgação nas redes sociais e por automaticamente os fãs do jogo acabarem por reconhecê-lo. Mas sem eles, Selcerão não estaria tão bem de vida hoje viajando para vários países e por dentro de grandes eventos dos jogos de luta.

É, claro, tá cheio de pessoas cheias de amor espalhadas pela internet, como você, só não possuem essa chance, essa oportunidade de fama, por serem modestas demais. Reservadas demais. E raramente se vê online. Diferente do Selcerino mito – ao menos é o que a esmagadora maioria de seguidores acham. Uns até preferem que ele seja um político pelo seu alto poder de influência.

Um belo dia, você consegue conhece-lo. Porém, percebe que a decepção é tremenda. Se na frente de todo mundo ele é o anjo mais belo a ponto de ser visto como herói justamente por estar trazendo a todos boas lembranças em seu canal no EnTubo – aquela imagem do loiro de olhos azuis, corpo sarado, alto, rosto liso, tentação das Selcerinetes - na sua frente, ele é puramente o demônio vermelho dos olhos de fogo. Ninguém está assistindo, apenas você, a sua própria decepção. A pessoa mais arrogante e repugnante que você já encontrou na face da Terra.

O influente EnTuber então se alia para transmitir partidas de talentosos jogadores em rede – igualmente sedutores com suas habilidades e tomando atenção de uma comunidade inteira. Ganha também a TV e os jornais e vai além dessa comunidade, atraindo admiradores. Porém, tirando os holofotes e o controle da mão, não passam de lixos igualmente repugnantes e arrogantes.

Por mais que você se desdobre nas redes sociais, por mais que você exponha as verdades, ninguém vai ligar. Apenas verá que se trata de apenas um barraco que você armou. Algo desnecessário para derrubar uma figura pública, amplamente amada pelo seu talento em conquistar as pessoas pelo seu conhecimento – um conhecimento realmente  sem igual daquilo que você já conhecia. Seu talento é realmente inspirador.

Porém, o mito que todos admiram na comunidade de jogos de luta é o Diabo. As pessoas gostam de serem enganadas, brincam com termos como “Vou para o Inferno porque amo o sarcasmo !” Enfim. Ninguém se importa em ferir, apenas  sentem o prazer de ver o circo pegar fogo e ver você – que está sozinho se queixando da decepção que encontrou – queimar junto.

Você que é integro e verdadeiro, será visto com sua moral destruída como objeto de prazer dos cegos (ou os que fingem ser) porque o errado é fruto proibido e desfrutar do fruto proibido é o que oferece entretenimento para as pessoas – não é à toa que os filmes de terror são o gênero mais popular entre esses justamente porque querem agito, sangue jorrando, coisas daqueles que serão eternas crianças que adoram destruir os seus brinquedos sem se importar com o significado ou o sentimento desse objeto e posteriormente destruindo corações sem remorso algum. Porém, estão curtindo a montanha russa errada. E vão curtir com coração tantos status possíveis de rostos falsos no Livrotrouxa até perderem a vida porque esse mundo não tem jeito mesmo. Como sociopatas silenciosos, os Lucifers nasceram para serem destrutivos e tóxicos, morrerão destrutivos e tóxicos deixando um legado pro próximo aspirante.

Só você que é bundão porque só você despertou antes (fora da falsa luz),  só você refletiu (diante daquele profundo pensamento na escuridão)  e só você continuará vivo tendo a consciência de que é autêntico num mundo apenas virtual sem nenhuma realidade.




Ídolos são peças valiosas. Se você é apenas um talento e acredita que só isso é o suficiente, então, você não vale nada.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...