Em Destaque

terça-feira, 24 de setembro de 2013

[Santuário: Conectado] Festival do Rio 2013: Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses - Horário e Local confirmados.



Depois de aguardado com muita ansiedade pelos fãs (que inclusive fizeram uma forte petição pela exibição do longa dublado por aqui, cujo pedido foi atendido pela distribuidora e confirmada pela própria dubladora da personagem Bulma, Tânia Gaidarji via Facebook ) agora foi confirmado a data e o local, mais cedo do que se imaginava, na maratona do Festival do Rio 2013.

Sinopse apresentada pelo festival: Alguns anos após a batalha de Majin Buu, os deuses da criação, Wiss, e da destruição, Bills, se reúnem para buscar um equilíbrio no universo. Ao acordar de um longo período de sono e descobrir que o lorde galático Frieza foi derrotado por Son Goku, Bills desafia o Super Sayajin, que termina sendo facilmente derrotado. Cabe agora aos heróis descobrir uma maneira de parar o deus da destruição. Com argumento original do criador de Dragon Ball Z, Akira Toriyama, A batalha dos deuses é o primeiro longa-metragem da série em 17 anos e o primeiro filme japonês da história a estrear no formato IMAX.


Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses será apresentado no Sábado, 28/09, às 21:30 no Cinemark Botafogo 4. 

Avise aos amigos.

2 Hit Combo :

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

o pessoal anda contando os dias para o filme. mas sinceramente, isso é necessário? tipo, tudo que vimos no DBGT não vai vogar? a fase 4 do Goku vai simplesmente deixar de existir por essa nova, que só mudou a cor de cabelo para vermelho...não é algo fácil de engolir assim.

Ryu, o que você acha disso? se puder responder agradeço

Mestre Ryu Kanzuki disse...

Oi, Leandro, tudo bem? Pelo que foi confirmado oficialmente pela Toei, a fase 4 (DGGT) não será levado em consideração. Esse filme é uma sequência direta da saga Z, da TV.
Eu particularmente achei que a saga GT tem menos embromação do que a saga Z, mas ainda assim é a mais fraca de todas as sagas. Sem contar que não tem a mão do Akira Toryama (o pai da série) e sim dos seus discípulos.

Achei muito interessante essa ideia de trazer Dragon Ball Z de volta em um novo "Movie". Mas fico meio descrente, pois os longas animados de uma série de animê muito longa costumam não ter grandes novidades ou um roteiro muito criativo ou profundo o bastante. Mesmo assim, gostei muito de "A Batalha dos Dois Mundos" um movie que chegou aqui no Brasil quando a série estava na saga do Majin Boo e é tão boa quanto o primeiro que foi lançado por aqui (Dragon Ball Z: O Filme - aquela da árvore do poder).

Um triunfo que esses filmes tem sobre as séries, é o investimento na animação. Esse teve lançamento em IMAX no Japão (não sei se irão fazer o mesmo por aqui, mas espero que façam). Ainda assim, sempre sonhei para que um dia fizessem um movie ambicioso aos moldes daquelas animações e clima da apresentação encontrada naquela versão poligonal de Playstation 1 (Final Bout).

Um movie exemplar é o Yuyu Hakusho: A Batalha de Meikai. Que tem uma profundidade de longa de verdade e não mais um capítulo de série de TV - ótimas animações, cenário com um visual mais sombrio e urbano, e com personagens muito bem trabalhados no contexto.

Espero ter ajudado.

Um grande abraço e muito obrigado!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...