Em Destaque

terça-feira, 12 de junho de 2012

[Sessão Crítica] Branca de Neve e o Caçador

NESTA POSTAGEM
SESSÃO CRÍTICA
BRANCA DE NEVE E O CAÇADOR

GALERIA

FICHA TÉCNICA



SESSÃO CRÍTICA
BRANCA DE NEVE E O CAÇADOR
A MAIS BELLA GUERREIRA
Esta adaptação mais séria não surpreendeu tanto como o esperado. Na pele da princesa Branca de Neve está Kristen Stewart, trazendo muitas das suas expressões que já conhecemos em seu papel como Bella na cinessérie Crepúsculo. Fica um pouco aquém da intérprete Lily Collins (Espelho, Espelho Meu) mas mostra ter jeito para ser durona, inclusive na sua flexibilidade em cenas de ação. 

Chris Hemsworth, conhecido por erguer machado na pele do herói Thor, faz o caçador beberrão e deprimido com a morte da esposa, tendo que ser obrigado a caçar a Bella Branca de Neve, a mando da malévola rainha, acabado por se unir a ela. Hemsworth expressa aqui mais seriedade, mas não deixando de ter algumas cenas divertidas. E falando em senso de humor, os anões acabam entrando na história para suavizar um pouco o clima sombrio da história, juntamente ao seu jardim secreto e colorido que eles apresentam (a floresta cheia de seres mágicos ). Um certo teor de fantasia e épico leva a acreditar que há algumas semelhanças a saga O Senhor dos Anéis. 
Quem rouba o filme é mesmo Charlize Theron, como a rainha Ravenna, atua com versatilidade, numa força descomunhal, na defesa de seu papel. Outra coisa que vale destacar é também o seu versátil e belo figurino.

James Newton Howard cuida decentemente da trilha épica e o romance cede mais espaço aos conflitos - por pouco não se percebe uma considerável presença do príncipe (Sam Clafin) pela história estar mais focada na busca pela liberdade do reino na união entre os três principais personagens: Branca de Neve, o Caçador e o Príncipe. 

Os efeitos visuais também ficaram bacanas, como a presença dos seres mágicos e as transformações dramáticas da rainha Ravenna.

Feito para ser uma trilogia, Branca de Neve e o Caçador possui algumas características que se não fosse uma história de fantasia, seriam difíceis de engolir (como a determinação repentina de Branca de Neve e a obsessão da rainha Ravenna apenas para se manter a mais bela, nem que tenha de dizimar todos numa guerra). Para as mocinhas que esperam um filme mais romântico, poderão se decepcionar, pois é daí que esta versão ganha alguns pontos por fugir a regra das outras adaptações que buscam por esse segmento mais otimista, como a versão de Walt Disney e a então mais recente e mais voltada à comédia (Espelho, Espelho Meu).

GALERIA








FICHA TÉCNICA
Título Original: Snow White and The Huntsman
Sessão Acompanhada: 21:15 Kinoplex Nova América (10/06/12 - Domingo) Cópia Dublada
Data de Lançamento: 1/06/2012
Gênero: Ação
País: E.U.A.
Duração: 127 minutos
Direção: Rupert Sanders

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...