Em Destaque

sábado, 30 de abril de 2011

Sessão Crítica: Thor (Dir. Kenneth Branagh)

SESSÃO CRÍTICA
 THOR
SUPER-HERÓI SHAKESPEREANO
O personagem Thor foi criado por Stan Lee, Larry Lieber e Jack Kirby em 1962. Com inspiração de uma divindade do conto nórdico de mesmo nome.

 Voltando da última sessão de estréia (dia 29, às 21h30min) e em 3D, desta adaptação que conta a história de um dos super-heróis da Marvel mais obscuros para o público moderno - mas os seus pais provávelmente devem conhecer as suas aventuras. Thor segue mais um degrau, iniciado por Homem de Ferro (2008) e seguido por O Incrível Hulk (2008), Homem de Ferro 2 (2010), Capitão América: O Primeiro Vingador (estréia marcada para 29 de Julho), até o longa Os Vingadores (prometido para 2012) - que juntará todos esses super heróis em uma única produção.

Até agora, a Marvel está se mostrando capaz de provar a força de seus personagens na telona, com uma história cativante para o grande público, fazendo com que todos se sintam em casa no seu universo - nem que seja a base dessa MARAVILHOSA martelada. Thor conta com uma direção muito especial de Kenneth Branagh. Que já tem uma experiência teatral com obras cinematográficas, envolvendo Shakespeare, como Hammlet.

Na história, Thor é um destemido e arrogante príncipe de Asgard, que seria nomeado rei por Odin, seu pai. Mas por tamanha insubordinação, Odin tira todos os poderes concedidos a Thor e o exila na Terra como castigo. Agora, em terra distantes, sem poderes, e no nosso mundo, Thor conta com a ajuda de uma pesquisadora para encontrar seu martelo, que está sob vigilância do governo - os agentes secretos da SHIELD.

O visual de Asgard é colorido e cativante, realmente impressiona. Em muitos momentos, o efeito 3D passa despercebido (como as tumultuadas cenas de luta - em que a camera balança). As brilhantes atuações e os poderosos diálogos, não forçam caricatos ou infantis como em outras adaptações do gênero, principalmente nos primeiros minutos do filme, marcam muito mais pontos no seu selo de qualidade.

 Loki, Deus da Travessura, pode estar em Os Vingadores

Nas atuações, o destaque vai para Tom Hiddleston como Loki - que começa quieto e calado, mas depois cresce de uma maneira que pode até arrancar lágrimas de emoção. O confronto entre Thor (Tom Hiddleston - ator britânico em grande estréia) e Loki, por exemplo, são de referências puramente bíblicas. O filme ainda conta com grandes veteranos como Antony Hoppikins, vive Odin, e Rene Russo (Maquina Mortífera 3 e O Nome do Jogo), vive Frigga, esposa de Odin e mãe de Thor e Loki.

Misturando tragédia clássica e humor moderno, dignos de uma grande peça, Thor é sem dúvida a melhor produção cinematográfica da Marvel Studios até o momento.


AVISO: Não saiam antes dos créditos. A mitologia continua.

FICHA TÉCNICA
Título Original: Idem
Lançamento: 29 de Abril 2011
Gênero: Aventura
Duração: 114 Min
Direção: Kenneth Branagh
Com: Tom Hiddleston (Thor), Tom Hiddleston (Loki), Antony Hoppikins (Odin), Rene Russo (Frigga), Natalie Portman (Jane Foster), Stellan Skarsgard (Erik Selvig) e Jeremy Renner (Gavião Negro)
País: EUA
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...