Em Destaque

domingo, 25 de julho de 2010

[PROJETO ZERO - CAPÍTULO 0] The King Of Fighters 2000 - Postagem Comemorativa 10 anos: Pré-Show

NESTA POSTAGEM
PRÉ-SHOW: ORIGEM & TRAJETÓRIA - DA SNK A SAGA TKOF

PRÉ-SHOW
ORIGEM & TRAJETÓRIA - DA SNK A SAGA TKOF
Amtes de entrar no mérito da questão: The King Fighters - o carro chefe da SNK (é importante reconhecer isso) vamos mergulhar no passado e buscar algumas referências que ajudaram a formar os games que levam esse título.

A mãe de toda história é a SNK. Dona de sucessos oitentistas Japoneses, como o Ikari Warriors, ficou mais conhecido por aqui durante o começo dos anos 90 - graças as inequeciveis (e empoeiradas) Ação Games da vida conheci um jogo bastante cultuado: NAM 1975*.
*NAM 1975 (1990) - Evolução do clássico Ikari Warriors, NAM 1975 nos leva de volta aos tempos da guerra do Vietnã. Com jogabilidade profunda e animação precisa, o jogo marcou a primeira safra dos jogos da SNK - destacando-se dentre um dos muitos jogos de guerra no mercado. Os fãs de Neo Geo sabem o quanto ele é especial.

Top Hunter: Roddy & Cathy (1994) - Mesclando porradas e utilizações de armas, Top Hunter também se destacava pela qualidade das animações e o ambiente de interação com plataformas no campo 2D. Mais posteriormente, saia Metal Slug*

*Metal Slug (1996) - Apesar de uma estrutura muito parecida com Top Hunter, era mais um jogo de tiro com ambiente de guerra - embora muito diferente de NAM 1975 e com um ambiente mais próximo da saga Ikari Warriors - quanto aos personagens e história. Tornou-se um grande sucesso nos fliperamas, desencadeando várias continuações - Metal Slug 3 se tornou um dos grandes lançamentos ao lado de The King Of Fighters 2000.

NEO GEO: O CONSOLE DOS JOGOS DE LUTA

Conhecido pelos grandes títulos dos jogos de ação, nos Arcades, bombavam tíulos capazes de fazer fila a altura de Street Fighter II - como o clássico Samurai Shodown*. Levando o nome Neo Geo em todas as aberturas, o sistema que comportava os jogos era a placa MVS (desde NAM-1975 a Samurai Spirits V Special em 2003). O Neo Geo, a versão caseira (capacidade, conhecida comercialmente, como 24 bits) é comportada pela placa AES, era também lembrado pela alta capacidade de memória de seus jogos - chegavam a ultrapassar a marca dos 100 megas.

GRANDES SUCESSOS

*Samurai Shodown - conhecido originalmente como Samurai Spirits. O jogo trazia um novo degrau de originalidade dos jogos de luta mano a mano. O raciocínio nos confrontos eram ainda mais importantes do que encaixar combos dentro de uma brecha adversária. Era uma coisa digna de uma simulação real da arte com armas e conceitos históricos da cultura oriental. Ganhou ao todo 6 jogos - sendo um, uma atualização do último: Samurai Shodown V. 
Fatal Fury - conhecido originalmente como Garou Densetsu. o jogo inovava pela famosa troca de planos adaptada ao estilo um contra um. Na primeira versão, esse sistema era autoático. Com o passar dos jogos, esse sistema foi se tornando mais dinâmico - ficou mais digerível com a saga Real Bout.
Art Of Fighting - A série trazia uma história de fundo mais consistente - deixando no ar - um final bastante intrigante na primeira versão. Na segunda versão, a trama revela que o jogo antecipa os acontecimentos de Fatal Fury. O jogo tem protagonistas muito semelhantes a dupla de personagens consagrados em Street Figher II: Ryu e Ken. Marca por implantar técnicas de Zoom e limites para golpes especiais, simulando uma proximidade de um confronto menos artificial.

Outros Títulos


The Last Blade - Era o nome do jogo que mais parece ter sido um substituto a altura de Samurai Shodown. Era com o título The Last Blade que a SNK voltava a mergulhar nos primórdios do ambiente cultural que definiu a história do Japão - artes marciais e armas brancas. TLB era um título mais agitado, com combos a rodo e sistemas mais complexos, e mais próximo da nova cultura pop Japonesa que começava a dominar o mercado - os animês.

Savage Reign - Jogo de luta que se passa num futuro não muito distante de TKOF 2000 (começo do século XXI). Utiliza um sistema de 2 planos - aonde um personagem se refugia pulando para uma outra plataforma do cenário. A história se passa em Southtown (ver Fatal Fury* e Art Of Fighting*). Ganhou um sucessor espiritual: Kizuna Encouter*.
Kizuna Encouter* - A jogabilidade tem vestígios do jogo anterior (Savage Reign), num ambiente diferenciado e com outros personagens e jogabilidade muito mais apreciável. Agora é possível jogar em sistema de Tag (luta revesada em duplas) - um dos primeiros jogos de luta a ganharem esse sistema.
Galaxy Fight - Jogo de luta fabricada pela Sunsoft para a placa Neo Geo. Os cenários são representados por planetas e os personagens são de diversas raças como: andróides e outras criaturas.

Neo Geo CD e o Hyper Neo Geo 64
Enquando o Neo Geo CD está no trânsito, um macaquinho faz uns malabarismos
A versão CD do Neo Geo trazia os jogos do original com arranjos bastante atrativos de suas músicas,  o problema era o tremendo tempo de carregamento. O Hyper Neo Geo 64 se limitou a 7 jogos, contando inclusive com versões poligonais de Samurai Shodown e Fatal Fury - são eles: Fatal Fury: Wild Ambition e Samurai Shodown 64.

THE KING OF FIGHTERS*
Kyo frita o veterano Takuma (AOF 2) com o novo Orochinagi


Depois de introduzir uma série de sucessos em jogos de ação, porque não incluir todas essas estrelas em uma única obra? O ano de 1994 foi o começo de um grande projeto escalando alguns dos protagonistas mais famosos deste gênero da SNK, The King Of Fighters 94. Os personagens mais conhecidos vinham principalmente de Art Of Fighting e Fatal Fury - somando isso a referência a outros personagens (ou títulos) que jamais ficaram tão conhecidos por aqui antes dessa empreitada. Por causa deste título, começamos a tomar conhecimento de algumas relíquias genéricas: Ikari Warriors e Athena. The King Of Fighters 94  marca por implementar o sistema 3 vs 3 dinâmico no gênero de competição.

*O título The King Of Fighters surgiu na série de jogos Fatal Fury, era o nome do torneio organizado por Geese Howard.

Athena - No jogo original, ela era apenas uma filha de Zeus encarando as mais diversas criaturas. Em KOF, Athena retorna como uma fomosa cantora, fica vaidosa, e ainda ganha um sobrenome japonês. É sempre curioso descobrir qual a próxima roupa que ela vai vestir no ano seguinte.
Heidern, Ralf & Clark - Time inspirado no jogo Ikari Warriors - representam o Ikari Team. Heidern foi substituido pela sua filha, Leona, como líder do time em KOF 96 e se estendeu até a versão 2000.
Diferente do sistema tradicional um contra um, a seleção de personagens é representada por países. Cada país é representado por um time de três personagens. O time do Japão conta com os principais personagens. É o único que não faz referência a nenhum título anterior da SNK. É  liderado pelo mocinho Kyo  Kusanagi, Goro Daimon e Benimaru Nakaido completam o time principal - e refornçando a idéia de uma história independente de fundo. O objetivo dos novatos é se tornarem os melhores do mundo enfrentando os veteranos.


O icônico vilão da série: Rugal. Misturava técnicas de outros grandes chefes como Wolfgang Krauser e Geese Howard  da saga Fatal Fury.

The King Of Fighters 94 deixava um gostinho gostoso de mistério no ar: quem seria o último chefe disposto e encarar as grandes estrelas da SNK num confronto? As demos costumavam brincar com esse mistério.  Enquanto as demos de história se prosseguia, ficamos conhecendo cada vez mais um vilão sedendo por sangue no campo de batalha, e se escondendo atrás da sombra até os momentos finais. O grande jogador que desafiasse a dura dificuldade do jogo, encarando todos os times até o fim, teria a felicidade de morrer na praia ou a sorte de terminar o jogo.

O grande chefe final é Rugal. Um traficante de armas que coleciona lutadores, petrificando seus corpos e colecionando-os como lazer (e decoração da casa - Nota-se também claras referências a personagens de Street Fighter II, como o Guile, entre as estátuas na cena de demo)  era o mesmo que convidou todos os participantes através de uma carta - queimada pelo protagonista Kyo - que abre fogo com as mãos, antes de mostrar o rosto, na apresentação.


Kyo socorre seu pai, Saisyu
Após TKOF 94, o jogo foi deixando a faceta de ser um simples encontro entre grandes estrelas dos jogos da SNK e foi se tornando uma série mais independente. No ramo competitivo, a série foi buscando cada vez mais o caminho da simplificação na jogabilidade e liberdade no sistema.


Iori reacedeu nos gamemaníacos a admiração pela vilania antagônica
Iori Yagami - Antagonista de Kyo. Surge em TKOF 95*para agitar o elenco. Personagem idolatrado pelos jogadores. Por mais que você gostasse do mocinho, Kyo, a sua risadinha deboxada era irresistível.
 *The King Of Fighters 95 - Quase um remake melhorado de TKOF 94. Aqui a série começava a ganhar uma trama de fundo, aproveitado melhor o protagonista, Kyo Kusanagi. O sistema de Times ganha uma opção alternativa (Edit Team) para que os jogadores possam criar o seu próprio trio.
The King Of Fighters 96 - O sistema de edição de personagens passava a se tornar padrão. O marco fica por conta dos novos gráficos, mas perdeu-se algumas animações e golpes. O rolamento substitui o sistema de esquiva. Apesar de ter sido um  primeiro passo para a nova etapa da saga, os competidores continuavam firmes com TKOF 95.

The King Of Fighters 97 - Mantém as principais mudanças visuais de TKOF 96, com alguns efeitos adcionais. O jogo agora possui o sistema Advanced - um sistema mais simplificado do Extra de TKOF 94. Há a possibilidade de alterar entre Advanced e Extra.  Marca por definir a Saga Orochi - esclarecida nos jogos anteriores


The King Of Fighters 98: Slugfest - Na prática, é quase um remake melhorado de TKOF 97. Na teoria, remete referências compreendidas entre TKOF 94 e 97, e Rugal é o chefe final pela terceira vez.









The King Of Fighters 99: Millenum Battle - Inicia a Saga NESTS e nos apresenta um novo protagonista: K'. As duas estrelas dos jogos anteriores, Kyo e Iori, se tornam secretos. Inclui um sistema dinâmico de esquiva misturando características de TKOF 95 e 96 (rolamento). O marco fica nos cenários caprichados.







KOF É POP
The King Of Fighters se tornou um dos jogos mais rentáveis passando a também dominar a cultura pop Japonesa com os mangás

Conversões Definitivas


Prestes a chegar ao fim de um ciclo, a SNK investiu firme e forte em duas de suas melhores conversões de The King Of Fighters 98 e 99 - ambos para Dreamcast, o último console da  SEGA que, coincidentemente, encerrou um ciclo no mesmo período: em 2001. Para ambos, haviam opção para o idioma Português (graças às máquinas distribuídas por aqui pela Neo Geo do Brasil que tinham essa opção).


The King of Fighters 1999: Dream Match - Chegava ao Dreamcast em meio o lançamento de KOF 99 dos Arcades. Essa versão contava com extras apreciáveis: Cenários poligonais e cenas de Animê como em Kof Kyo*.
*The King Of Fighters Kyo - Jogo extra que veio com a adaptação de KOF 97 de Playstation no Japão. É um jogo de RPG com cenas de Animê.

The King of Fighters 99': Evolution - As novidades agora traziam Ajudantes Extras (Extra Strikers*), como Vanessa e Seth*Ver em Projeto Zero Capítulo 2: Análise Ex - The King Of Fighters 2000, e um modo de evolução para esse sistema. Os cenários, além de reproduzidos poligonalmente, agora possuíam uma ampliada exploração - com zooms tridimensionais.

Capcom Vs SNK: Millenium Fight 2000 - Em 2000, a SNK fez uma parceria com a Capcom para um super encontro inedito entre empresas concorrentes no ramo dos jogos de luta. Kyo e cia reencarnavam em novos traços na pancadaria. O jogo era um dos grandes lançamentos simultâneos da SEGA, junto ao console Dreamcast e a sua Placa para Arcades, NAOMI.

SEGA & SNK
UM NAMORO QUE QUASE VIROU CASAMENTO

Depois que a SEGA havia parado de prestar suporte ao Dreamcast, a SNK demonstrou interesse em adotá-lo para fazer dele uma espécie de novo Neo Geo - oferecendo uma certa quantia financeira  - a SEGA recusou. Estavam previstos originalmente os jogos Metal Slug 3 e The King Of Fighters 2000 (possívelmente uma versão exclusiva - TKOF 2001 - aos moldes das duas conversões anteriores, TKOF' 1999 DM e TKOF' 99 Evolution).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...