Em Destaque

domingo, 15 de maio de 2011

[Street Fighter II 20 Anos - 2nd Bônus Stage] A Ascenção Feminina Nos Jogos de Ação




DE SALTO ALTO: A GERAÇÃO CHUN LI
PRIMEIRA FASE

Pernas, pra que te quero
O surgimento de Chun Li, tornou a cultura pop mais agitada nos games. Distribuindo sua beleza virtual estontenante, que antes mais apreciadas em outras mídias, como filmes ou quadrinhos. Acompanhando o sucesso de Street Fighter II, Chun li também ganhou um certo destaque na cultura pop, sendo reconhecida até pelos leigos no assunto.
E é claro que Chun li não ficou só entre essa popularidade de Girl Power entre as musas virtuais. Ela ainda continua sendo a mulher mais forte do mundo, mas já compete popularidade com muitas heroínas que surgiram nesses últimos anos, pós Street II. Vejam:

Sonya Blade
(Mortal Kombat)

Outra do tipo mulher machorra entrava em ação. Sonya Blade, tenente das forças especiais, a loira com certos ares de Sarah Connor, deixou as armas de lado e resolveu partir para o braço atrás de vingança e justiça. Era, até então, a única grande musa digitalizada.

Mai Shiranui
(Fatal Fury)

Veio como prato cheio para ser o centro da pevertidade. Superando os feitiches que a Chun li apenas insinuava, Mai ousadamente expandiu. A ninja dos peitões enormes (Que quando anda faz poim, poim) e vestimentas, algumas curtíssimas (daquelas que iam até o centro da Terra).

Ganhou um certo carinho do público, até mesmo as mulheres que gostam da Chun Li. Pôde mostrar mais de sua beleza física nas animações da série Fatal Fury. Inclusive no Movie,existe uma cena em que ela esta tomando banho.Seria para competir com a Chun li no longa rival?).

Além de contar com um código especial em KOF 94 (Neo Geo CD) que faz aumentar sua comissão de frente.

King
(Art Of Fighting)
Com suas vestimentas formais, King apresenta um outro estilo de Girl Power. Sem carne macia à mostra, seu jeito reservado era um meio que ela usava para não ser reconhecida como uma mulher entre os fortões. Tenha inveja, Safiri.
O que os abençoados contribuintes do Wikipedia, fãs de King e RPG, falam sobre a Kickboxer: King é uma mulher generosa e de confiança com seus amigos, mas não perdoa seus inimigos. Ela sempre foi muito reservada, e não gosta de agir como mulher ao lado de homens fortes. Sempre tenta falar e agir como um homem, mas seu lado feminino sempre é visto quando expõe seus sentimentos. Gosta de beber alguns drinks, mas nunca ficou bêbada. Adora seu irmão Jan, e está sempre cuidando dele. Ela se sente segura apenas ao lado de Ryo, o único homem importante para ela.
Cammy
(Super Street Fighter II)
 É uma das que disputam forte com a popularidade de Chun Li em Street Fighter. Foi uma grande sacada da Capcom adcionar mais uma musa de peso em Super Street Fighter II. Agora de maiô e uma boina, o apelo de Cammy esta também no busto (quase cortado na versão SSFII de Snes). Investe em agilidade, sem precisar de projéteis. Chegou a ser cogitada a ganhar uma HQ especial da Marvel Comics.

Morrigan
(Darkstalkers)
A série Darkstalkers veio com a intenção de se tornar o sucessor de Street Fighter II. Mas uma personagem que realmente marca, é esta bela e sensual criatura da raça sucubus, Morrigan.

Athena Asamyia
(Psycho Soldier/ The King Of Fighters)
Não era famosa com o seu game Phsycho Soldiers. Mas acabou ganhando certo reconhecimento na série The king Of Fighters.

DE SALTO ALTO: MUSAS VIRTUAIS
SEGUNDA FASE 

Lara Croft
(Tomb Rider)
Essa aí se tornou a ícone mais conhecida dos últimos tempos no gênero. A versão feminia de Indiana Jones chegou a ganhar 2 filmes com Angelina Jolie, papel que foi disputado a unha, puxada de cabelo e salto alto por outras atrizes. Há ainda previsões de um terceiro filme (será?). Atualmente a franquia Tomb Rider (após a suposta morte da personagem em Last Revelation) andou decaindo um pouco, mas a EIDOS está procurando reverter o quadro.

Guerreiras Virtuais

Nina (Tekken) & Kasumi (Dead Or Alive) 
Em 1996, pós-Lara Croft, começava uma nova era de Musas: As Heroínas Virtuais.

A Loira Nina (Clone da Sarah Bryant?), em sua característica roupa colante, não perdeu tempo. Investiu numa cruzada de pernas fatal em Tekken 2, sua segunda aparição, e chegou a ganhar seu próprio game, Death By Degrees.

Mais do que Kasumi, seu game: Dead Or Alive, se definiu nos jogos de luta com um novo tipo de toque feminino em peso: Um jogo de luta enfeitado por belíssimas garotas boas de briga.
A ousadia da Tecmo, transformou as personagens modelos, com características de Anime, em estrelas cada vez mais reais, provocantes e desejadas pelos fãs. Notando isso, até um jogo exclusivo foi lançado: DOA Xtreme 2, trazendo aquilo o que outras concorrentes teriam medo de mostrar (ou as próprias empresas pelo conservadorismo, ou pela tradição das suas personagens que poderiam ousar até certo ponto).
DOA Xtreme 2, é um jogo mais ousado que DOA Xtreme Beach Volleyball, aquele que contava com um patch hack para deixar as personagens, err...nuas.
O grande sucesso de DOA, resultou em um filme, que assim como outras franqüias baseadas em games, foi um belo fiasco. Veja mais sobre Dead Or Alive na relação de postagens Aqui.

As Musas dos Survival Horrors

O estilo que se tornou extremamente popular, inicialmente, nos PCs, ganhou um toque feminino nos joguetes de ação da Capcom: Regina (Dino Crisis), Claire Redfield e Jill (as duas últimas de
Resident Evil), agradecem.

STREET FIGHTER II 20 ANOS
POSTAGENS ANTERIORES

ROUND 2
DEDO NO JOYSTICK: STREET FIGHTER II: THE WORLD WARRIOR (SNES) - EXTRAS DE COLECIONADOR


1ST BÔNUS STAGE

OS FILHOS DE STREET FIGHTER II

ROUND 1
DEDO NO JOYSTICK: STREET FIGHTER II: THE WORLD WARRIOR (SNES) -
POSTAGEM DE LUXO


PRÉVIAS DA PRÓXIMA POSTAGEM

UMA GUERREIRA JURA VINGANÇA..

EM UM POLÊMICO CONTO DE STREET FIGHTER..
EM QUADRINHOS.
NÃO PERCAM A PRÓXIMA POSTAGEM DE 
STREET FIGHTER II 20 ANOS
NA PRÓXIMA SEMANA.

2 Hit Combo :

Solo Player disse...

Muito bacana essa postagem, quando era adolescente eu tinha um caderno com recorte de várias musas dos games e posters também...

Só faltou mesmo colocar umas fotos menos comportadas...

Mestre Ryu Kanzuki disse...

WoW!! Solo Player, é muito legal compartilhar essas informações. Tenho um amigo (que até segue o blog) que tinha um poster da Mai do Real Bout grudado no quarto. Eu era doido, nessa época eu tinha um local que mantinha com grande carinho as fotos das minhas musas favoritas (e não só de games).
Também me amarrava naquelas formas toda 'Made in Brazil' (bundões e pernões) que os desenhistas Brasileiros davam às nossas musas de games, tanto em quadrinhos quanto em revistas.

Eu escolhi as fotos mais comportadinhas, justamente para se aproximar da maioria das Artworks mais famosas (ou de origem) das minas. Mas você tem razão, idéia não falta para colocar outras fotos mais a vontade delas (aí eu teria que pedir para os leitores tirarem as suas crianças da sala. hehe!). Mas por um outro lado, eu também pensei nos fãs (inclusive do público feminino) que protegem quase que 'religiosamente' as suas personagens favoritas. Colocar a King seminua, pro exemplo, era um risco pois a mesma não aparece dessa forma nos games (com exceção de algumas versões em que ela pode perder parte da roupa no fim da luta).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...