Em Destaque

ABERTURA

Sejam muito bem vindos ao Santuário do Mestre Ryu. Aqui quem fala é o próprio. As reformas acabaram e eu estou aqui, neste novo Santuário.

Deixe-me contar como o Santuário surgiu..
 O primeiro Santuário (ou pelo menos um dos primeiros..)
O primeiro Santuário foi produzido em 2003, no acervo Kit.Net. Antes disso, tentei produzir o blog num antigo blogger (aquele que veio antes dessa versão do Google, creio que tenha sido pela UOL ou pela própria Globo.com).

Essa é uma versão completamente diferente da versão 2003. A versão 2003 era um portal mais pessoal, foi modificado apenas uma vez, tendo a sua segunda versão com o template (Yuyu Hakusho Version® >>> By Miaka-Chan) produzido pela minha amiga Michele/ Miaka-Chan (http://be-shiny.blogspot.com). E, raramente, análises, como o Anime Friends 2004, o jogo Power Athlete de Mega Drive (na versão antes do template Yuyu Hakusho) e Sonic The Hedgehog CD.

Prêmios: Uma curiosidade é que esta primeira versão ganhou um certificado Dark Magicial Girl de recomendação da Juliana/ Julichan/ Dark Magicial Girl (participante de um antigo fórum de Yu-Gi-OH e escritora de um site feminino sobre CDZ - aonde Miaka-Chan e outras caras famosas no mundo dos eventos de Anime, Cosplay & Mangá também participava: Zodiac Girls).

O motivo pelo qual voltei aos mundo dos blogs foi graças a recomendação de um professor: ele me sugeriu abrir um para divulgar meus trabalhos feitos no curso de CG há algum tempo - mas achei que seria algo muito mecânico: há milhões de blogs sobre CG. E aí, veio o primeiro passo para a idéia de remontar um blog com maior versatilidade. O outro passo foi a observação sobre como estava sendo utilizado os blogs após esses 4 anos. Houve um reaproveitamento que impediram os blogs de caírem na saturada (e monótona) rotina de se limitar a falar do dia-a-dia, mesmo com a onda dos Fotologs - que ia direto ao assunto, combinada a um album de fotos.

Depois que conclui a minha pesquisa, senti que os blogs não seriam uma moda passageira e sim parte de uma onda de redes sociais em evolução. O mundo blogueiro evoluiu, e a ferramenta ganhou mais recursos. Era a vez dar uma nova chance, abrir mão de trazer um conteúdo mais versátil. Acabou que o projeto se tornou este pequeno laboratório de banco de dados pessoal, envolvendo artigos e notícias que vocês vêem por aqui.
Batman abria a versão Wordpress
Incialmente, a nova fase começou com duas versões: Um Santuário para o Blogspot e outro para Wordpress. Como o Blogspot me pareceu mais familiar, menos cerimônia e recursos mais acessíveis para quem não gosta de gastar tempo atoa, optei por manter este, a versão Blogspot. A versão Wordpress tinha apenas 3 postagens, a última foi de despedida (mencionado na primeira postagem de apresentação por aqui).

Ainda estou tentando me readaptar a este universo, procurando pelas novas e grandes ferramentas e ao encontro de companhias camaradas para trocar as melhores idéias (vejo que o blog é um outro nível de chatt - apesar de não ter ainda todos os recuros dos fóruns). Esta empreitada é também uma forma de criar uma ponte de ajuda - mantendo a integridade física dos projetos que venham a ser compartilhados com outras comunidades.

 A IDÉIA DO NOME
A origem veio do animê Saint Seya
A idéia do título Santuário do Mestre Ryu veio numa fase em que Os Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seya) estavam voltando à TV na BAND KIDS e a discussão rolava solta na escola.

É claro que se não houvesse os CDZ como referência, o Santuário poderia dar a entender pelo ideal religioso que conhecemos, tudo pela paz e não pela guerra. Mas a Athena dos CDZ promove a guerra pela paz. Às vezes vocês me verão como um cavaleiro (ou um Saint) de Athena provendo a guerra pela paz. Apesar de eu acreditar num poder de fogo maior para derrotar um exército das trevas, o abuso de poder é abominável. Quem abusa do poder, deve ser julgado.  Disse ou não disse?

O lazer é também uma coisa sagrada - de certa maneira. O meu interesse pelo mundo do entretenimento, tanto os jogos, os animês e o cinema, fazem parte do bom gosto herdado de família.

MÉTODOS DE JULGAMENTO

Assim como existe a teoria de que nada é impossível, eu acredito que nada deve se limitar a rótulos. Existem diversas formas e fases de avaliar uma determiada obra. Assim como a lei diz, Todos São Iguais Perante a Lei. Mas quando a obra é avaliada por uma comunidade, infelizmente a tendencia é sempre criar um padrão e condenar tudo o que está fora dele.

Mesmo que aquela adaptação não seja fiel ao videogame/ livro/ quadrinhos (ou insira-aqui-qualquer outra-obra-de-origem) somado ao fracasso de crítica e público, esta adaptação merece ter o julgamento justo sem necessidade de ofender a obra em questão e seus poucos apreciadores, causando atritos desnecessários.

E é por esse motivo que não sigo padrões ao fazer um julgamento. Se escrevo sobre cinema e videogames, não quer dizer que me considero gamer ou cinéfilo. Se a pergunta é onde está o foco? então a resposta está neste significado: o prazer em compartilhar informações.

A vida anda, tudo deve ter amadurecimento e transformação. E é por isso que o ser humano precisa se renovar sempre. Por que se limitar?

Acredito que tudo deve ser batalhado pela paz interior e pela diversão - sem deixar de ser sincero.
É esse o caminho do Santuário do Mestre Ryu.

CARO LEITOR, JUNTO COM VOCÊ, NÓS IREMOS AO ENCONTRO DO ENTRETENIMENTO

SEJA MUITO BEM VINDO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...