Em Destaque

domingo, 10 de setembro de 2017

[Artistas Independentes] Expo Geek Brasil - Conheça a mente do diretor geral, Jedah Kinneas


-NESTA POSTAGEM-

*********************

ÍNDICE  - ÍNDICE ÍNDICE 
**********************

ARTISTAS INDEPENDENTES
Expo Geek Brasil 4.0


BATE-PONG MULTIPLAYER


Jedah Kinneas

 GALERIA 
ENCARTES
BASTIDORES
VÍDEOS



--ONDE ENCONTRAR WONG COSPLAY BR E OS SEUS TRABALHOS?--
FACEBOOK
WEBSITE

*********************
ÍNDICE  - ÍNDICE ÍNDICE 
**********************



ARTISTAS INDEPENDENTES



EXPO GEEK BRASIL
Na imagem: Red, o mascote da Expo Geek Brasil

A Expo Geek surgiu em 2015, como uma grande surpresa entre os eventos de cultura pop carioca. Com expressiva alta qualidade de divulgação, o evento se consagrou como parte de uma nova geração dentre os já saturados eventos de cultura pop japonesa. E quem está por trás dessa mágica é ninguém mais e ninguém menos do que Jedah Kinneas, um consagrado nome no mundo cosplayer e guitarrista de uma banda independente, ObSEXion. Ele então cria a marca Red. 

A seguir, vocês conferem um bate-papo com esta dedicado e incrível artista e empresário. 

BATE-PONG MULTIPLAYER

 
O SIMULADOR DE BATE-PAPO E ENTREVISTAS



Jedah Kinneas

Cosplayer e Musico, Jedah fundou a Red Produções,
empresa o qual é diretor geral e principal responsável da Expo Geek Brasil





LOGO ABAIXO, VOCÊS CONFEREM UMA ENTREVISTA COM O ARTISTA

Regras (Legendas)
MR=Mestre Ryu 
(Quem entrevista)
JK=Jedah Kinneas
(Entrevistado)




MR
De onde partiu a ideia ou inspiração para a realização da Expo Geek? 

JK
Infelizmente, da frustração que sempre sinto quando vou nos eventos que ocorrem no Rio de Janeiro. 
Já fui público pagante, já fui cosplayer, hoje tenho uma banda chamada Obsexion que toca nesses eventos. Lamentavelmente, quase todos os eventos que fui eu passei ou vi muitos absurdos ocorrerem. 

Há uma sucateamento enorme ocorrendo no mercado de eventos cariocas. Falsos produtores (quando falo falsos me refiro ao fato de quase NENHUM produtor desses eventos possui formação academia ou sequer experiência no ramo de produção) alugam um espaço qualquer (clube, escola, faculdade que, muitas vezes, não possuem instalações com segurança mínima para uma produção com mais de 1000 pagantes, por exemplo) e "produzem" um "evento de anime" Não vou entrar na questão "duvidosa" quanto a escolha do Line Up de atrações. Mas, muitas vezes sequer há documentação mínima necessária para o evento ocorrer. Isso significa que as devidas fiscalizações não foram feitas, assim como as normas de segurança não foram respeitadas. Não há rotas de fuga adequadas, ambulância/profissionais médicos/brigadistas suficiente para a quantidade de público, instalações elétricas adequadas (quem aqui nunca viu "faltar luz" só dentro do evento? Mas lá na rua tá todo mundo assistindo TV numa boa). Se pegar fogo, morre todo mundo que nem foi na boate Kiss, em Santa Mario-RS. Estamos no Rio de Janeiro e quase nenhum eventos tem ar condicionado em todos os ambientes. Quantos palcos nós não vimos em quadras com telha de amianto. Aquilo é um forno sem tratamento acústico nenhum.

Eventos assim nós temos em todos os lugares do Brasil. Entendo que eventos menores, em cidades satélites, para um publico reduzido possam ocorrer dessa forma. Só que, até o final de 2014, PRATICAMENTE TODOS OS EVENTOS DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SÃO ASSIM! Dá público? Claro! Não existiam outros eventos para ir! Importante reforçar que estamos falando dos eventos que ocorriam somente na cidade do Rio de Janeiro até o final de 2014.

Então a situação era a seguinte: Tenho dinheiro! Vou gastar pouco, fazer um evento ruim, vai dar muito público (o pessoal vai por falta de opção ou simples desconhecimento de que tudo aquilo podia ser muito melhor), eu vou ganhar muito dinheiro e a maioria fica feliz. Tem reclamações mas... ah... Todo mundo sempre reclama de tudo mesmo, né?

Francamente...Uma cidade como o Rio de Janeiro merece algo melhor. Nós, Geeks Cariocas merecemos coisa melhor!  E dá para fazer melhor! O que eu posso fazer, então? Pronto. A partir daí comecei a pensar no projeto que, posteriormente, foi batizado como Expo Geek pela Alex Aino, hoje, produtora da área Cosplay do Expo Geek Brasil.

 " - Por exemplo, só produzimos em centro de convenções. Um centro de convenção é o lugar adequado (principalmente no quesito SEGURANÇA) para se realizar uma produção desse porte. "

MR 
O que a Expo Geek tem de diferente em relação aos outros eventos? 

JK
A vontade de se priorizar qualidade, em todos os sentidos. Estou ciente que o Expo Geek Brasil não é uma produção perfeita (até porque isso é utópico), mas a nossa premissa em todas as nossas decisões é potencializar a qualidade o máximo possível. Por exemplo, só produzimos em centro de convenções. Um centro de convenção é o lugar adequado (principalmente no quesito SEGURANÇA) para se realizar uma produção desse porte.



MR
O que vocês buscam alcançar com o evento ?


JK

É sempre curioso observar como as coisas crescem. Na concepção da ideia do Expo Geek, minha meta era produzir uma boa feira Geek com qualidade diferenciada no Rio de Janeiro.



" - Qualidade tem seu preço. Quando você cumpre todas as exigências legais, de segurança e conforto para seu público, na melhor das hipóteses, o custo é multiplicado por 3 ou 4. Isso gerou um problema no mercado carioca. "


MR
Em relação aos números, para termos uma ideia, qual o custo em média de um evento como esse? Como é a média de visitantes e o número arrecadado pelo evento até o momento?  

JK

Qualidade tem seu preço. Quando você cumpre todas as exigências legais, de segurança e conforto para seu público, na melhor das hipóteses, o custo é multiplicado por 3 ou 4. Isso gerou um problema no mercado carioca.

Vamos observar o que ocorre:
Mariazinha é fã do Youtuber Joãozinho. O Youtuber Joãozinho será atração no Anime Xablau que vai acontecer no Colégio Nossa de Athena. Mariazinha paga R$ 25 para assistir em pé (ou sentado no chão) e no calor surreal do verão carioca a palestra do Youtuber Joãozinho no Anime Xablau. Mariazinha, obviamente, ficou feliz pois ela teve contato com o ídolo dela! 

Fato é que produzir o Expo Geek em um Centro de Convenções (confortável, atendendo todas as normas de segurança e suas devidas documentações) custa, pelo menos, 3 a 4 vezes mais caro que o Anime Xablau no Colégio Nossa senhora de Athena.

Eu, produtor do Expo Geek, preciso cobrar um ingresso mais caro, não concorda? Mas Mariazinha simplesmente não irá ao Expo Geek se eu cobrar ingresso mais caro e não colocar mais atrações para ela. Então, além de conforto, segurança e documentação, também preciso investir mais em atrações. E vai subindo o custo do Expo Geek. É muito difícil fazer essa conta fechar e agradar o público ao mesmo tempo. 

A mensagem que quero passar aqui é: O Expo Geek não é um evento de anime que é produzir em uma escola ou clube alugado. O Expo Geek é uma feira Geek devidamente produzida em local adequado, atendendo todos os critérios legais, de segurança e conforto e, principalmente, com atrações devidamente selecionadas para todos os gostos que um Geek pode ter. A cada edição que passa o nosso objeto é melhorar isso.  

" - Sei que há pisadas de bola, mas há algumas boas como a SPORT TV transmitir jogos de E-SPORT ao vivo! "



MR
E quais são os maiores desafios?



JK

Principalmente dois. Um eu já comentei na resposta da pergunta anterior. O sucateamento dos eventos de anime no Rio de Janeiro fazem parte da cultura dos Geeks cariocas. Ar condicionado é uma questão essencial  de saúde aqui no rio de janeiro (senão o publico desidrata, em algumas situações), não um artigo de luxo. E as vezes o público não correlaciona o valor do ingresso mais caro com o retorno que ele terá em qualidade no geral. No Expo Geek, estamos buscando a mesma qualidade das grandes feiras de São Paulo, Porto Alegre ou várias cidades no nordeste. O valor do ingresso ser diferente é algo natural.

O segundo desafio é mostrar para o mercado de feiras que o seguimento Geek tem um potencial enorme. E isso está começando a acontecer!

Grandes marcas a empresas começam a entender o que é a cultura geek e já demonstram ânimo em investir. Há um longo percurso, mas finalmente grandes emissoras de TV, por exemplo, já começam a tentar alguma coisa. Sei que há pisadas de bola, mas há algumas boas como a SPORT TV transmitir jogos de E-SPORT ao vivo!


" - Existem pouquíssimos pontos de intercessão entre os vários mundos que compõe o universo Geek. E... Bem... Minha cor favorita é a vermelha. Então meu dragão tinha que ser vermelho! "

MR 
Como foi a idealização do Mascote? Quais foram as Inspirações?

JK

Numa noite qualquer, eu estava escovando os dentes para ir dormir quando me veio a cabeça que o mascote de um evento Geek TEM QUE SER UM DRAGÃO. Existem pouquíssimos pontos de intercessão entre os vários mundos que compõe o universo Geek. E... Bem... Minha cor favorita é a vermelha. Então meu dragão tinha que ser vermelho! Outro dia, compartilhei essas idéias com a minha equipe, até que a Alex Aino, produtora da área cosplay, desenhou em uma folha de caderno o que foi o primeiro rascunho: um dragãozinho SD Geek de óculos fofo e descolado. A Aino batizou ele de Red.




MR

Vocês pensam em expandir o evento para outros estados, como ocorre com a Comic Com Experience  que teve uma rápida passagem pelo Nordeste? Ou algo maior? O que vocês planejam para o futuro?

JK

Essas informações são estratégicas, meu rapaz! (risos)
Mas acho que é algo natural. Com o crescimento do Negócio a expansão é algo que acontecerá cedo ou tarde.

 " - Tome cuidado com a vaidade e com prepotência. Eles podem te cegar em momentos chave e te fazer colocar tudo a perder. "



MR
Do seu ponto de vista empreendedor, que mensagem você deixaria para quem  também quer entrar nesse mercado de eventos dedicado a cultura pop?


JK

Estude, leia, converse com profissionais que já atuam na área que você deseja atuar. Converse também com quem já esteve dentro do mercado e não está mais. Se informe.

Tome cuidado com a vaidade e com prepotência. Eles podem te cegar em momentos chave e te fazer colocar tudo a perder. 

Tenha humildade. Ninguém cresce sozinho de tudo.





MR
Alguma mensagem que você gostaria de deixar para quem acompanha o Santuário do Mestre Ryu e está lendo esta entrevista?

JK
Agradecer ao Mestre Ryu pela oportunidade e me comunicar com você leitor e a todo mundo que curte e participa do Expo Geek. A maior realização que um produtor tem é olhar para o seu público e ver pessoas felizes e realizadas ali. Significa que o objetivo está sendo atingido! Muito obrigado, de coração! 

Nos vemos no Expo Geek Brasil 4.0 ! (sorriso)


Atenciosamente,
Jedah Kinneas
Diretor Geral
Cel: 55 21 98616-9904
Cel: 55 21 96566-2553
E-mail: jedah@expogeekbrasil.com.br


 GALERIA 

BASTIDORES
A Expo Geek Brasil chegou pela primeira vez como Expo Geek Beta, uma versão de testes em Junho de 2015. A nossa cobertura especial pode ser conferida aqui. 




Jedah (de branco, no meio) junto a um grupo de artistas divulgando a Expo Geek Brasil no programa Encontro com a Fátima Bernardes (1/2/16) - trecho do vídeo na seção. 
Jedah ao lado de Carlos Villagrán ( o Quico da icônica série Chaves ). O artista foi o principal convidado da Expo Geek 2.0.

Jedah e sua irmã gêmea, Aino Alex, coordenadora da área cosplay do evento Expo Geek Brasil.



A modelo Veridiana de Frentas visitou a feira à convite do EGO (Portal O Globo) e se tornou repórter por um dia na Expo Geek 2.0. Matéria aqui. 

VÍDEOS
Cultura Geek no Encontro com Fátima Bernardes
video

 Uma crítica irônica sobre a matéria do programa pode ser conferida no Mais de Oito Mil.

Veriana de Freitas no evento Expo Geek 2.0 (EGO - O Globo)
video

"Eles são saidinhos, né? Na minha época, nerd não era assim... Só estudava", diverte-se. "Eles também têm seu charme, mas esse não é meu mundo. Gostei de conhecer, me diverti, mas prefiro badalação, festas e champanhe". - trecho do depoimento de Veridiana que pode ser encontrada na matéria do site. 

ENCARTES


--ONDE ENCONTRAR EXPO GEEK BRASIL E OS SEUS TRABALHOS?--








SOBRE

----ARTISTAS INDEPENDENTES: VALORIZANDO O SEU TALENTO---
EXPO GEEK BRASIL


Artistas Independentes 2015, 2016, 2017 ©Santuário do Mestre Ryu



Textos, fotos e edição por: Mestre Ryu 
Agradecimentos Especiais: Jedah Kinneas
Fotografias: Equipe Expo Geek Brasil (cortesia/ divulgação)


Você ama ESCREVER? Você ama DESENHAR ? Você ama FOTOGRAFAR? 
Você ama se FANTASIAR ? Você ama CRIAR? 
Qual é a sua ARTE ?
Envie os seus talentos para: mestreryukanzuki@gmail.com  receba as nossas instruções e faça parte da corrente ARTISTAS INDEPEDENTES.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...