Em Destaque

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

[Há 65 Milhões de Anos..] Jurassic Park: Rampage Edition (Mega Drive, EUA, 1994)

NESTA POSTAGEM 
Prepare-se para um novo estilo de ação, alta velocidade e perigo! 

OSSADAS DA ORIGEM
SINOPSE PROMOCIONAL: MAIS PERIGOSO DO QUE NUNCA
UMA MISSÃO DO TAMANHO DE UM DINOSSAURO !
O RAPTOR - SOBREVIVENTE DAS ESPÉCIES 
DEDO NO JOYSTICK 
JURASSIC PARK: RAMPAGE EDITION (MEGA DRIVE)
EXTRAS ESCAVADOS
O GUIA JURÁSSICO AGITADO - PARTE 1: COMPARANDO GRÁFICOS (JURASSIC PARK X JURASSIC PARK: RAMPAGE EDITION)
O GUIA JURÁSSICO AGITADO - PARTE 2: ARMAS (DR. GRANT); NOVOS ATAQUES e ITEMS
O GUIA JURÁSSICO AGITADO - PARTE 3: NOVOS OBJETOS E CURIOSAS CRIATURAS
O GUIA JURÁSSICO AGITADO - PARTE 4: DE OLHO NO RADAR (ONDE DR. GRANT & RAPTOR SE LOCALIZAM?)
OUTRAS VERSÕES
TRAMAS PARALELAS
NOTÍCIAS URGENTES 
FICHA TÉCNICA



OSSADAS DA ORIGEM

SINOPSE PROMOCIONAL: MAIS PERIGOSO DO QUE NUNCA
Texto originalmente encontrado na contra-capa do encarte da Tec Toy

Lute por sua vida, como um cientista ou como um dinossauro! Rampage Edition é a mais nova versão do jogo literalmente mais ANIMAL de todos os tempos. Que tal andar em ruínas, savanas e muitas áreas totalmente novas com um simpático dinossauro de dez metros correndo atrás de você?

Jogue como Raptor! Seu objetivo será coletar ovos para salvar a sua espécie antes da destruição da ilha. Corra através das armadinhas e destrua os inimigos com golpes especiais inéditos. Que tal um Raptor capaz de dar um aerial ?

Jogue como Grant! Consiga os ovos, e praticamente saia da ilha com vida! Armas especiais são fundamentais para a sua sobrevivência, os inimigos podem ser muitas vezes maiores do que você!

Prepare-se para um novo estilo de ação, alta velocidade e perigo!

UMA MISSÃO DO TAMANHO DE UM DINOSSAURO !
Texto originalmente encontrado no manual de instruções da Tec Toy

Sobrevivente do Caos do Jurassic Park, Grant escapa da Ilha Nublar num helicóptero InGen. Conforme eles levantam voo da ilha, Grant avista chamas emergindo - o exército da Costa Rica está explodindo áreas da ilha para destruir os restos dos dinossauros do parque, geneticamente construídos.

Mas Grant também avista outro helicóptero clandestino chegando na ilha. Ele vê que os tripulantes são um time bem armado de agentes do campo de inGen. O que eles estão fazendo aqui ?

Grant acha que os agentes de campo estão coletando algum resto de ovo, embrião e exemplos de DNA de dinossauro antes que tudo se destrua. Com essas amostras, eles poderiam começar outro parque em outro lugar qualquer ou eles poderiam criar um exército incontrolável de dinossauros - as possibilidades são infinitas! Grant deve acabar com esse plano assustador!

Ao mesma tempo que Grant pega o rádio do helicóptero para avisar o exército da Costa Rica, ele tem que atirar no piloto que está tentando derrubá-lo. No conflito final, o helicóptero é derrubado.

Grant sobrevive ao acidente e escapa das chamas, percebendo que ele foi posicionado de volta no pesadelo pré-histórico do qual ele pensava que tinha escapado.

Operadores de InGen estão cobrindo rapidamente a ilha e procura amostras de dinossauros. Para complicar a situação, o exército da Costa Rica planejou ataques aéreos para livrar a ilha dos dinossauros vivos. Sob a ameaça de morte nas mãos de dinossauros, agentes de campo, ou ataques aéreo do exército, Grant vai em direção a sua missão.

O RAPTOR - SOBREVIVENTE DAS ESPÉCIES! 
Texto originalmente encontrado no manual de instruções da Tec Toy

Jurassic Park e ilha Numblar estão pegando fogo! Como Raptor, o seu principal objetivo é juntar todos os ovos de dinossauro e guardá-los das criaturas de 2 pernas que irão fazer qualquer coisa para pegar de você. Se você não conseguir derrotar esses inimigos, eles irão destruir a sua espécie! 


É cada dinossauro por si mesmo, conforme a ilha pega fogo lentamente. Sobrevivência é a de maior importância. Use o seu poder físico para derrotar agentes armados e dinossauros ferozes. 



Se você connseguir entrar naquele navio de carga que está de saída, você pode encontrar um lugar seguro para colocar os ovos... 
DEDO NO JOYSTICK 
Jurassic Park: Rampage Edition 

 RUGINDO AINDA MAIS
Rampage Edition é uma sequência muito bem-vinda e tão boa quanto o primeiro jogo da série. 

Aproveitando o sucesso do filme e seu lançamento nas locadoras em 1994 (meados de Abril ou Junho saía aqui no Brasil), a fabricante Blue Sky (Jurassic Park), sob licença da SEGA, lança para o Mega Drive esta continuação cujo título mais parece com o de uma atualização, mais para chamar a atenção do público que conhece o filme e por ser quase uma sequência paralela dele e do jogo anterior. 

Eu particularmente fiz uma ótima escolha: encher meus pais na época, que racharam os R$ 75,00 nesse cartucho. Valeu a pena, Blue Sky faz bonito mais uma vez com este título, certamente outro na lista entre os melhores games de filme. 

Jurassic Park: RE, dá continuidade às aventuras de Dr. Grant na ilha Nublar. A título de curiosidade, Rampage significa agitação ou alvoroço. Logo, a intenção dessa versão é literalmente liberar o estouro da boiada pra correr atrás.

Os produtores estenderam aquilo que estava apenas sugerido no primeiro game: expandir o filme. No caso deste, é uma aventura de enredo completamente original, com algumas passagens não vistas no jogo anterior e aproveita algumas situações vistas no primeiro filme e nos livros. Rampage Edition parece prever o futuro de Jurassic Park no cinema ao sugerir um conflito do cientista (Dr. Grant) com os agentes da InGen, além de ter de enfrentar os dinossauros. 

A história se inicia logo após o fim do jogo anterior, Alan Grant estava fugindo da ilha de helicóptero, quando um acidente o trás de volta ao pesadelo. Certos elementos são aproveitados dos livros de Michael Crichton (1942-2008), vistos posteriormente no filme O Mundo Perdido: Jurassic Park somada a coisas não aproveitadas no primeiro filme e no jogo anterior. Como a fase do bote (deletada do filme) e a fuga da Savada (não presente no primeiro jogo). Grant é mais uma vez o herói, e precisa coletar amostras de dinos da ilha, fugindo de agentes de campo, dinossauros e de ataques aéreos do exército que está prestes a explodir tudo.

Você volta a escolher entre o cientista ou Raptor. Como Grant, o jogo inicialmente possuí uma certa dificuldade que você domina com o tempo (o ambiente de quebra-cabeça de suas fases se tornou mais atirar e correr com direito a novas interatividades). Como Raptor, o desafio aumenta, pois o personagem não usa armas, não tem ajuda (exceto o novo item que o deixa invulnerável temporariamente) e fica difícil se aproximar de certas plataformas com suas habilidades (a última fase então, só existe pra testar a sua paciência).

O compositor Sam Powell refina a trilha 

O jogo dispõe dos mesmos 16 Megas do jogo anterior ao invés de uns 16 a mais. Mas mesmo assim, tem coisas que compensam. A trilha sonora ganhou um tema de abertura bem Hardcore. Na bagagem, ainda conta com um remix da primeira fase de JP 1 e um som mais afinado nos outros temas suspense ou de climax.

Os efeitos sonoros também ganharam um refinamento e novos sons, como os gerados pelos Compsógnatos (Compsognathus) e alguns suavizados até demais, como os sons do T.Rex, e outros até interessantes, como os gritos mais nítidos de Dr. Grant e diferente dos outros personagens humanos, como os agentes da InGen (que possuem vozes mais graves). 

Os gráficos são mais simples, com contornos em volta dos personagens e cenários mais coloridos, quase cartunescos, substituindo aquela aparência digitalizada e mais próxima de filme, muitos quadros de animação foram retirados e alguns outros novos foram inclusos. A jogabilidade melhorou, apesar de estar mais simples, tudo flui mais rápido e sem lentidões.

Há mais violência (a faixa etária imposta pela Tec Toy foi de 13 anos quando lançado), mas não se nota sangue, apenas mais inimigos, armadilhas para encarar; e a arminha tranquilizante de Grant que literalmente se tornou letal, os agentes e os dinos que são acertados, não voltam mais ao caírem.


Rampage Edition foi ousado, realizando o sonho daqueles que adoravam o bug do primeiro game, em que fazia Grant entrar em fases do Raptor, dando tilt em certas situações. Para quem queria ver o cientista em situações mais cabeludas, mais pesadas e mais intrigantes, o resultado é satisfatório.Não é todo dia que se vê um jogo em que Dr.Grant encara homens e dinos. Até que dá um charme à mais sem deixar de ser Jurassic Park.


EXTRAS ESCAVADOS

O GUIA JURÁSSICO AGITADO - PARTE 1
COMPARANDO GRÁFICOS 

JURASSIC PARK 

JURASSIC PARK: RAMPAGE EDITION


De um simples cientista, com movimentos ingênuos quando estático, agora um atirador profissional, que recarrega a arma: O ritmo agitado da trama coincidiu na influência de personalidade do cientista Grant. 
As animações de Grant correndo sofreram uma melhora neste segundo capítulo. De um tipo de personagem que não tinha habito físico - sua corrida parecia um pouco simulada com um passo - o cientista agora mais parece com um atleta. 
Um quadro de animação também foi adicionado durante o agachamento. Trocando a aparente pose  de preparação para caminhar agachado, quando estático, agora Grant fica completamente sentado, apoiado com um dos braços à perna. 
O movimento de chutar portas, apesar de ser bem legal, foi deletado. O mais interessante disso era o repeito à personalidade do personagem. Um cientista sem técnicas atléticas e bastante humanas. note que a perna apoiada ao chão se dobra um pouco enquanto a outra se estica para chutar de uma maneira um pouco desajeitada. No lugar desta função, as portas só podem ser abertas com um tiro.
O recurso de se agarrar em cordas e cipós no primeiro jogo da série foi substituída por movimentos automáticos como, por exemplo, se agarrar em equipamentos que te carregam até a outra plataforma. A vantagem disso é a dinâmica na hora de atirar e pular enquanto fica de olho nos inimigos - fazendo mais jus ao ritmo mais acelerado da jogabilidade de Rampage Edition.

No exemplo de Raptor: olhar pra frente, pra trás (ao apertar o botão pra cima), provocar com ABC, também só ficaram no primeiro Jurassic Park.

Outras demais movimentos de Grant também foram deletados, tais como: pegar itens; pulo pra frente; atirar pra cima agachado; abaixar a cabeça quando envenenado por um gás ou quando capturado por um Velociraptor; subir plataformas (tanto Raptor ou Grant); entre outras, como também a de quando ele é jogado pra longe com a chifrada do Triceratóps. A maioria certamente não entraram no jogo por espaço de memória ou para deixar o jogo mais leve. Por outro lado, deixa muito da sua riqueza realista encontrada no primeiro Jurassic Park. 

Em compensação, Raptor ganhou novos golpes bastante funcionais e mais expressão nos movimentos (principalmente quando ataca com as mandíbulas).
No caso de Grant, ao ser atingido agachado, ele joga seu corpo pra trás (mas com quadros diferentes em relação ao que acontece na Fase 3: "Rio" de Jurassic Park, quando atacado dentro do bote, ou quando atacado pelos Compsógnatos, por exemplo).
A animação de eletrocutamento talvez seja uma das rara animações cartunescas do primeiro jogo. Neste segundo Jurassic Park, o visual ficou extremamente detalhista e caprichado, com direito a efeito de desintegramento. Não apenas personagens humanos, como também dinossauros recebem  quadros respectivos.
Os inimigos também recebem esse tipo de animação quando carbonizados.
Morte Decente: Dr. Grant agora pode morrer como gente. Enquanto que no primeiro jogo, ao perder toda a energia, só se via a tela escura.

O GUIA JURÁSSICO AGITADO - PARTE 2
ARMAS (DR. GRANT); NOVOS ATAQUES e ITEMS
 Enquanto Grant vira um legítimo Rambo, Raptor capricha nos paranauês ao estilo Frank Dux

Nota: As armas de Grant derruba seus adversários permanentemente - mesmo os tranquilizantes - já que sua funcionalidade incomum se difere da maioria de suas denominações oficiais. 


Revólver Tranquilizante (Tranquilizer Dart Gun): É a arma principal do jogo. Contém munição infinita.

Rifle de Choque (Shock Rifle): Uma as melhores armas contra os inimigos. Elimina em uma única rajada.

Granadas de Gás (Gas Granades): Explodem como as Granadas de Choque Vermelhas do primeiro Jurassic Park. Elas também podem ser atiradas pela vertical. 
Maquina Tranquilizadora (Machine traquilizer Gun): É uma das armas mais nervosas e simbólicas do jogo - ideal para atacar Velociraptors atacando em bando - e funciona mais semelhante a uma Metralhadora. Basta segurar o botão de tiro. .

Atirador de Chamas (Flame Thrower): Pulveriza os inimigos com rajadas contínuas.

Lança Mísseis (Rocket Launcher):  Arma rara. Pode ser encontrada na fase da Cachoeira Raptor.

Revólver (Shot Gun): Atira spray como uma espingarda. 
 Modo Rampage: Como Raptor, ao coletar as caixas de ferro até encher a barra, a tela ficará vermelha, gerando invencíbilidade por alguns minutos.

Barra de Doce (Candy Bar): recupera uma parte da energia. 
Kit Médico (Med Kit): Recupera a energia integralmente. 
1 - Up: Uma vida para sobreviver à correria.

Cinto: Restaura toda a munição da arma selecionada de Grant.


Items de pontuação (Respectivamente): Ovo (Egg); Conainer de Embrião (Embryo Container)  e Amostra de DNA (DNA Sample) 
Os Novos Golpes de Raptor (respectivamente): Rabada (Segure B +  ); Voadora (Botão C e depois B); Cambalhota (Botão C 2x) e Corrida com chute (  +Botão B)
Notas (Grant): Ao lançar a granada pra cima o próprio jogador perde dano caso erre o alvo ou o objeto exploda muito perto. Acrescentado aí uma coerência física não existente no jogo anterior.

O GUIA JURÁSSICO AGITADO - PARTE 3
NOVOS OBJETOS E CURIOSAS CRIATURAS


Sinalizadores: Substituindo as Passwords do primeiro jogo, estes sinalizadores ajudam a continuar, ao perder uma vida, da parte onde eles foram encontrados. Para acionar, basta encontrar a símbolo do dinossauro e o sinalizador também apontará para onde se deve seguir.  
Caixa de Ferro: Elas podem ser usadas para explodir paredes ou como items especiais (no caso e Raptor).

Caixa de Madeira: Elas podem ser usadas para explodir paredes, mas tome cuidado para não ser acertado também, a exemplo da Caixa de Ferro.

Borboleta: A criatura mais inofensiva do jogo pode ser encontrada na fase do Aviário. Quando acertada, ela explode.
Medusa: como um dos chefes do jogo, a criatura enriquece a dinâmica dos desafios.
Plantas carnívoras: Essas polvorentas podem ser encontradas nas Ruínas Escondidas.

O GUIA JURÁSSICO AGITADO - PARTE 4
DE OLHO NO RADAR
Onde Dr. Grant & Raptor se localizam? Diferente do jogo anterior, Raptor tem maior participação em mais versões adaptada dos cenários do Dr. Grant. É possível escolher uma das 3 fases iniciais para se começar, dependendo de qual personagem as opções mudam.

AVIÁRIO
(Aviary)
Como no primeiro jogo, tudo começa em uma selva da Ilha Nublar. Se bobear é levado para o começo da área pelo Pteradonte. 


Enquanto sobe, cuidado com os inimigos.


Imagem apresentada pelo blog http://paulo-am.blogspot.com.br
No filme Jurassic Park III, Dr. Grant fica frente a frente com um Pteradonte. 

Ao subir, logo no topo, você encontrará este item, um ovo. 

Como Raptor, é necessário explorar toda a fase e depois voltar para baixo. 
Abatendo guardas.
Nem o Raptor resiste a um chocolate.

NAVIO CARGUEIRO
(Cargo Ship
Este cenário é uma dos mais caprichados. Cheio de dinos e armadilhas variadas, tem 3 temas musicais, que varia de acordo com as passagens. 


Aperte pulo duas vezes neste mastro para subir..
 e pegar uma vida na plataforma superior.
Nesta sala, tem uma espécie de estranho curto na parede laçando uma pequena bola de fogo, responda com uma granada pra liberar a passagem.
Uma das armadilhas mais legais (e mais cinematográficas) do jogo: Cuidado com estes caixote que caem de cima. Corra sem parar ou desvie do centro.
Virou Titanic! Agora é preciso correr contra o tempo para fugir do navio em destruição. Antes que tudo fique submerso.

É a última fase para Raptor. O desafio aqui é cabeludo. terá de lidar também com áreas cheias de gelo, fáceis de escorregar e de dificultar no pulo entre uma plataforma e outra. 
Aqui é a hora de aproveitar as habilidades físicas do bicho. O lance é pular no sapatinho com cautela e não ficar muito tempo sobre a plataforma, ou poderá cair e ter de voltar tudo de novo.
Chefe Final: Finalmente Raptor ganhou um chefe final de habilidades físicas. Cuidado com o seu clone. Ao final da fase, deverá confrontar esse Raptor vermelho.
Nota: Não deixe de coletar este ovo, na plataforma acima.


Coincidindo com este cenário de Rampage Edition, em O Mundo Perdido: Jurassic Park (1997) há um momento onde T. Rex e o seu filhote são capturados da ilha e levados de navio até a cidade de Nova York. Peter Ludlow (o sobrinho ganancioso de John Hammond) fez isso com a intenção de criar um parque dos dinossauros por lá. T. Rex desperta e acaba atacando a cidade no melhor estilo King Kong. 

CAÇADA NA SAVANA
(Savanna)
Durante a Savada, um clima de velho-oeste na pele do Dr. Grant, que pode montar em um Hadrossauro e acelerar o passo até o final da fase. 


 No primeiro filme, são vistos vários Hadrossauros (Gallimimus) em uma manada em fuga do ataque do T.Rex. "Recentemente foi descoberto que eles teriam sobrevivido ao ataque dos asteroides, junto a outros animais que teriam sobrevivido 700 mil anos após o impacto. "
- Notas da Folha.

O lance nessa fase é sair voado, com pulos, e atirando. Só pare quando surgirem os helicópteros. 
Perigo à vista!
Atire por trás.
"-Corre, lixo!"

Como Raptor, o lance é seguir em frente, na cara e na coragem..
 nos paranauês de vez em quando...
 ou usando e abusando das cambalhotas..
 tomando cuidado com os helicópteros.

RUÍNAS ESCONDIDAS
(Hidden Ruins)
Dr. Grant vive aqui o seu momento Indiana Jones e O Parque dos Dinossauros nas Ruínas Maya. O cenário é grandioso e tem direito até a vozes digitalizadas no seu tema musical - uma das melhores e mais tensas do jogo (vale ouvir num amplificador).
Logo no começo da fase, caia para o lado esquerdo..
 e encontrará esta passagem secreta. Esta fase é cheia delas. Fique atento!
Plataforma secreta: pule, sobre esta parte da estátua, atirando, de forma estática, para se apoiar. salte mais uma vez, para conseguir caminhar por cima.
Caminho falso: Se você seguir pelo caminho errado, encontrará este desfiladeiro.
Chefe: Sim! Temos um chefe que não é um dinossauro.
Destrua essa Medusa mandando bala.

Se for o Raptor, a situação fica mais difícil. Ataque com cuidado com os tiros.

CACHOEIRA RAPTOR
(River Run)
Esta fase pode ser bastante familiar para quem jogou o primeiro embora exista muitas diferenças.
Além dos novos inimigos, o cenário muda de cor como se estivesse mudando o espaço de tempo (dia, tarde e noite).
Atire nos tubos para liberar passagem.
Não é possível sair do bote e não é necessário pegar gasolina para recarregar o motor.
O lance aqui é descer.

Raptor também pode ser controlado nessa fase. Jogando com o dino, ele se locomove por cima dos tubos.

RIO ARDENTE
Chefe Final: A melhor forma de deter o Tiranossauro Rex é mandando ver nas granadas.
Atire e siga em frente.
Caso contrário..
Detalhe raro: na contra-capa o T.Rex tem uma barra numerada (255 %) como isso?
E perceba que existem estes estranhos números. Seria a intenção de colocar o sistema de pontuações (scores) ? O quadro que preenche os medidores (vidas, energia e arma) também é diferente: vermelho.

OUTRAS VERSÕES
Super Nintendo
O console de 16 bits da Nintendo também ganhou uma continuação de seu jogo original, pela Ocean. Em Jurassic Park II: The Chaos Continues, a visão agora é de plataforma, mas o estilo continua a se diferir das versões de Mega Drive e leva o jogador diretamente ao estilo quebra-cabeça, concluindo missões, para progredir no jogo.
Numa trama mais conectada ao filme, a história gira em torno da competição entre as empresas InGen e a gananciosa Biosyn sobre o controle do parque, que então envia tropas e cientistas para a ilha Nublar. O fundador da InGen, John Hammond, então solicita a Dr. Alan Grant e ao soldado Michael Wolfskin protegerem a ilha antes do ataque da Byosin.
Jurassic Park II no Game Boy Color.

TRAMAS PARALELAS
Isso é o máximo que você encontra de um Dr. Grant "armado e perigoso", em Jurassic Park:  Parque dos Dinossauros. 
Vejamos então, uma comparação da sinopse de Jurassic Park: Rampage Edition e outras versões.

Quem vivenciou o otimismo da adaptação de Jurassic Park: Parque dos Dinossauros, dificilmente imaginaria um Dr. Alan Grant metendo uma bala na cabeça de um dinossauro. No jogo Jurassic Park, é testemunhada a total liberdade criativa que os produtores tiveram com a trama e os personagens. Já em Jurassic Park: Rampage Edition, uma visão pessimista dessa história se segue.

Na sequência da primeira versão de SNES (Jurassic Park II: The Chaos Continues) fica claro que a InGen não se torna gananciosa, a exemplo da sinopse vista na saga do Mega Drive - este que segue mais fiel o conceito encontrado nos livros de Michael Critchon e que logo deram origem ao filme de 1993.
O conceito de sobrevivência é levado muito além. Logo na tela de abertura, uma ilha em chamas é vista ao fundo e, bem a frente, um velociraptor feroz e faminto em meio a uma chuva.

Numa comparação entre a trama de Rampage Edition e os filmes, é notada que na versão cinematográfica de O Mundo Perdido: Jurassic Park é mencionada a existência de uma outra ilha, a Ilha Sorna, com experimentos de criação de dinossauros.

Cena do filme "O Mundo Perdido: Jurassic Park"

No fim, a ideia de se criar um novo parque coincide com o fato encontrado na sinopse oficial do jogo Rampage Edition:
"Grant acha que os agentes de campo estão coletando algum resto de ovo, embrião e exemplos de DNA de dinossauro antes que tudo se destrua. Com essas amostras, eles poderiam começar outro parque em outro lugar .."
Um outro parque em outro lugar. Isso significa: Tiranossauro Rex na cidade de San Diego.
E uma corrida contra o tempo para devolver T.Rex e seu filhote.

Cena de "Jurassic Park III"
E aonde estão as armas de fogo nos filmes? O único momento que Dr. Grant passa a usar arma de fogo nos filmes é em Jurassic Park III, numa cena onde o cientista usa um laçador de fogos de artifício para afastar o Espinossauro (uma espécie maior e mais perigosa que o Tiranossauro Rex). 

Curiosamente, circulava até pouco tempo um roteiro de um suposto Jurassic Park IV, onde os dinossauros eram controlados como se fossem cães de guarda, como instrumentos de guerra. Não é exagero toda essa história se a trama original de Michael Critchon (um fascinado por ficção científica) era também contestar o lado mais ambicioso dos avanços da ciência. 
E mais uma vez, no trecho da sinopse de Rampage Edition: 
"...ou eles poderiam criar um exército incontrolável de dinossauros - as possibilidades são infinitas! " 
Repare no trecho: " um exército incontrolável de dinossauros". Isso fica muito associado com as artes conceituais que sugerem o cruzamento entre homens e dinossauros em experimentos. Uma ideia muito além, onde a ambição e loucura levam a experimentos bizarros como esse. A história acabava então por se aproximar mais do conceito ficção científica propriamente dito. 
"Todos nós podemos apreciá-los também, mas as crianças não deveriam ser excluídas. Sua sensibilidade era a coisa certa para esse filme" - James Cameron sobre a versão de Spielberg

James Cameron e Aliens em "Jurassic Park: Parque dos Dinossauros" ? Sim! Porém, o diretor de Titanic e Avatar admitiu que Spielberg venceu a chance de dirigir a adaptação por algumas horas. A visão de Cameron seria mais violenta, segundo ele: os dinossauros rasgariam suas vítimas lentamente e suas tripas apareceriam. Mas no fim, Cameron se rendeu ao trabalho de Spielberg e disse que não conseguiria fazer algo com tanto charme e sensibilidade quanto o diretor de E.T. Seria algo nojento, bem nojento. Uma espécie de Aliens O Resgate com dinossauros, é o que ele conclui.

NOTÍCIAS URGENTES 
[ATUALIZADO - 24/04/2013 - 12:30] A versão 3D estreou antecipadamente no dia 16 de Agosto. Soube pelo jornal destaque Destak. Um grande vacilo, pois os vínculos oficiais informavam a data para o dia 30. Agora, só com muita sorte para se encontrar algum cinema sendo exibido - que foi esperto, foi na semana passada (já vi depoimentos de pessoas que assistiram mais de uma vez). Por aqui, apenas a sala DE LUX do UCI New York City Center está exibindo. Uma bola fora da Universal. Confira no site.


FICHA TÉCNICA
Título Original: Jurassic Park: Rampage Edition
Ano: 1994
Distribuidora: Tec Toy (Brasil); SEGA
Fabricante: Blue Sky
Gênero: Ação
Memória: 16 Megabits
Fases: 6
Classificação: 13 anos

CRÉDITOS
HÁ 25 MILHÕES DE ANOS
Acompanhe antes de assistir Jurassic Park 3D 

DEDO NO JOYSTICK 
JURASSIC PARK: RAMPAGE EDITION (MEGA DRIVE)
POSTAGEM PARA COLECIONADORES
Artigo (Texto & Edição de Imagens): Mestre Ryu

Confira os materiais de coleção nas páginas especiais do Facebook: [Há 65 Milhões de Anos...O Álbum: Cartão de Memória] Jurassic Park: Rampage Edition (Mega Drive) - Encartes e Manual de Instruções

Jurassic Park: Rampage Edition é merecedor do nosso Punho Dourado de Melhor Jogo Adaptado

3 Hit Combo :

Andre Viana disse...

Bom dia Mestre, gostei bastante da resenha, extremamente detalhada e conectada com os filmes. Sempre fui fã do primeiro JP, mas me lembro que na epoca não curti muito o primeiro game pra Mega mesmo me esforçando pra isso, o que acabou me afastando das continuações. Esse game mesmo eu estava ate confundido com um em que a visão é de cima, qual é esse? Abraço

Mestre Ryu Kanzuki disse...

Olá, André, bom dia! ^^

Desculpe pela demora.. o game em questão se chama The Lost World: Jurassic Park, ele foi um dos últimos jogos que saiu para o Mega Drive, saiu em 97 (no embalo do filme "O Mundo Perdido: Jurassic Park"). Eu mesmo estava esperançoso por algum novo game baseado no filme - no caso essa sequência - e veio como a maior surpresa, super abençoado. hehe!

Um grande abraço!!!

P. H. G. F. disse...

Acho um puta jogo e é sem dúvidas um dos melhores baseados em filmes/livros, assim como os Super Star Wars do SNES, porém esse no caso expande o universo de JP com uma jogabilidade bem melhor que a do primeiro JP talvez só perca pro primeiro por causa desses contornos em volta dos sprites e o level design (não sei, talvez).
Sensacional a analise, nunca vi uma tão detalhada como essa. São posts como esses que você vê que o cara é fã de verdade!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...