Em Destaque

domingo, 29 de abril de 2012

[Santa Maratona! Batman..Ressurge] Batman: The Videogame (Mega Drive) - Postagem Comemorativa 20 Anos: Parte 1 de 3: O Prólogo

NESTA POSTAGEM 
ESTE POST TAMBÉM COMEMORA OS 20 ANOS DO PRIMEIRO JOGO DO BATMAN PARA MEGA DRIVE

SANTA MARATONA! 
BATMAN..RESSURGE
ACOMPANHE ANTES DE ASSISTIR O ÚLTIMO FILME DA TRILOGIA DE CHRISTOPHER NOLAN: 
BATMAN: O CAVALEIRO DAS TREVAS RESSURGE
PRÉ-SHOW
A RESSUREIÇÃO DE BATMAN

PRÉ-SHOW
A RESSUREIÇÃO DE BATMAN
O sucesso do filme Batman em 1989 trouxe esperanças aos executivos de Hollywood em querer investir em franquias de quadrinhos ou fantasias do gênero cada vez mais. Naquela época, as adaptações de super-heróis ainda eram representados como capa e espada. Ou seja, muito pouco de sua humanidade e mais do herói. Sua identidade secreta e o seu eu lado herói eram ainda pouco distindos.

Batman foi o mais bem sucedido cinematográficamente durante esse período - entre o final dos anos 80 até o meio de 90. O fiasco veio com Batman & Robin de Joel Schumacher, que decidiu homenagear a essência da série protagonizada por Adam West nos anos 60. Mesmo sem ser muito chamativo em Batman Eternamente, a nova abordagem desmoralizou a saga do herói mascarado dos quadrinhos no cinema tornando – o mais colorido e investindo mais no humor ao gosto do diretor, que parecia não estar interessado em tratar a história com a mesma seriedade como é popularmente visto desde sua ascenção nos quadrinhos.

No fim, a série sessentista era divertida. Porém, com seu desgaste, o Batman foi notávelmente desmoralizado. Batman se tornou uma piada. Ainda assim, Adam West ainda procurava fazer alguns shows fantasiado como o personagem para tentar ganhar alguns trocados.
Durante os anos 80 (mais precisamente em Junho de 1986) Batman foi salvo pelas mãos de Frank Miller, que reviveu o herói de uma forma mais sombria e mais realista. Uma tonalidade que foi proposta pelo criador Bob Kane nos seus primeiros anos fazendo as histórias do Batman.
Esse trabalho interessou a Warner, que preparou o filme Batman em 1989. Adam West se interessou em entrar para o projeto, mas foi recusado. Os executivos temiam que o público associassem a imagem de West com a série de TV Batman dos anos 60 ou seja: Julgar o livro pela capa.

Com o sucesso do filme, West desapareceu, mas ainda lamentava até pouco tempo o fato de não poder mais ser Batman em uma grande produção.

No filme, Nicholson (Coringa) teve uma atuação tão elogiada que relegou Keaton (Batman) a segundo plano. Segundo Tim Burton, o diretor do filme, a idéia do Batman é ser: O tipo de personagem que surge nas horas mais importantes. O herói não precisa esta sempre presente.
Daí a presença mais forte do vilão na história.
Batman foi tão bom que até as malvadas Tartarugas Ninjas saíram do esgoto e viraram heroínas.
Santa Tartaruga!


20 ANOS DE BATMAN: THE VIDEOGAME (MEGA DRIVE)
2007, 2012 ©MESTRE RYU

CONTINUA..
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...