Em Destaque

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Dedo no Joystick: Desert Demolition

Desert Demolition Starring Road Runner and Wile E. Coyote






Bons tempos aqueles quando essa história de politicamente correto não existia. O mundo era um local mais alegre e espontâneo (não desenfreado, segundo a concepção de alguns). Isso reflete inclusive nos desenhos. As crianças hoje veem Ben 10 sem conhecer os [realmente] bons desenhos tais como... Coiote e Papa Léguas! Sim, esses sim eram bons desenhos.


ACME, canhões e dinamite


Corda bamba, britadeira e... Piu Piu e Frajola? Ei! Voltem já pra "Sylvester and Tweety in Cagey Capers"!!!



Desert Demolition consegue (dentro de suas limitações) , capturar a essência do bom desenho animado. O game apresenta duas campanhas: a do Coiote e a do Papa Léguas. A diferença fundamental entre elas é bastante simples: uma você corre para pegar e na outra você corre para fugir.

As fases são baseadas nos cenários vistos na animação: deserto, penhasco, deserto, vilarejo, deserto, trem, montanha, fábrica e deserto. Nas fases pode se encontrar todo tipo de aparato: trampolins, canhões, bigornas, bombas, patins, britadeiras e tudo o mais que leva consigo o nome ACME.


Mamãe!



Fora os obstáculos listados acima, não há inimigos. O único inimigo aqui é o tempo. Deve-se percorrer os estágios em busca de itens para aumentar seu tempo, pois, se ele se esgotar, você morre. O que obriga você a percorrer todo o jogo em estilo "time attack" e sim, você vai esbarrar e muito nas armadilhas fazendo isso.


Segaaaaaaaaaaaaaa



Feitas as devidas adaptações, as campanhas são quase exatamente iguais. O sequenciamento de fases é igual, os cenários também. Até o único chefe do jogo (que é o final) é igual. Unindo isso com a curtíssima duração do jogo, torna tudo meio repetitivo e nos faz pensar na falta de criatividade (ou excesso de preguiça) por parte dos produtores.


Não te conheço de algum lugar?



Mas no final das contas, Desert Demolition não é um mau jogo. Ele é curto e repetitivo, mas consegue nos prender por seu clima cartunesco e divertido, que faz os "velhotes" se lembrarem dos bons e velhos tempos.


"Isso é tudo, pessoal!"


Nome: Desert Demolition Starring Road Runner and Wile E. Coyote

Plataforma: Mega Drive

Pontos Fortes: Som e imagem de desenho animado

Pontos Fracos: Curta duração, fases (quase) iguais nos dois modos e mesmo chefe final

Nota do Léo: 7,0

11 Hit Combo :

Mestre Ryu Kanzuki disse...

Adorei seu review, Léo. Curto e prático. Texto muito gostoso de ler. E até me bateu uma nostálgia. Muitas vezes vi esse jogo vendendo num supermercado (nos tempos aureos) e nunca pude comprar. Vou lá pegar pra jogar.

Mestre Ryu Kanzuki disse...

E seja bem vindo de volta ao batente, guerreiro.

plumoon disse...

omg eu joguei isso!

eu amo o Coyote, pena q ele sempre se dá mal...t.t

nao entendo nada de jogabilidade, ja que pra mim os jogos de megadrive eram tranquilos..hj em dia apanho mto dos milhoes de menus e controles..to velha..r.r

Mestre Ryu Kanzuki disse...

Plumoon: Jesuis! Tô rindo a toa!
Poxa, Mari, que orgulho ter um post seu por aqui. *Será que é sonho ?* Uma jóia rara que devemos guardar com muito cuidado. *pede desesperadamente uma autógrafo* (fã maluco é assim mesmo. rs) Brincadeiras a parte, menina pop.

O Coyote é que nem o Tom. O que seria do Papa Léguas sem o Coyote para se divertir, não é mesmo? rs

Minha amiga, permita-me compartilhar a sua fraqueza. Somos dois velhos. Certas vezes o meu raciocínio tem sido lento pra games como esse. Cheio de fases, obstáculos e desafios. É por isso que acabo parando pra terminar sempre os velhos games. Ou se bobear, jogos de luta (que é tipo "fast food"). É por isso que deixo pro Léo terminar pra mim. *brincadeiras a parte heim Léo*
Mari, mas não desanime. Se quiser, podemos marcar uma partida para voltar as origens. Que tal?

Seja sempre muito bem vinda. Senti falta da sua participação. E poste sempre. Creio que tem muitos posts por aqui que vai te interessar também. ^_^

Bjs minha amiga pop querida =**

Mestre Ryu Kanzuki disse...

Plumoon: Nota - Eu rimuito da parte: "hj em dia apanho mto dos milhoes de menus e controles" Eu também me sinto assim quando vou jogar um jogos de luta no X box. Por exemplo. rs

Tiago Charão disse...

Joguei muito.
E como era bom!

Léo disse...

@MestreRyu Valeu o elogio, querido! Agora que estou em férias posso "voltar a trabalhar"! Mas vá jogar no emulador que vale a pena! Agora procurarei postar com maior regularidade. P.S. Vou começar a cobrar hora extra pelos games detonados, viu? Hehe...

@plumoon Sou das antigas também, mas às vezes tenho dificuldades com jogos velhos porque a resposta no controle não é tão ágil quanto espero e às vezes tenho dificuldade com jogos novos pelos seus menus de complexidade ímpar. Quanto ao Coiote, bom, Lei de Murphy. Hehe...

@TiagoCharão Tive a oportunidade de alugar esse quando criança, mas não consegui chegar longe (eu era ruinzinho). Agora já zerei inúmeras vezes no emulador. Mas, por mais que tenha defeitos, não é um jogo ruim.

Mestre Ryu Kanzuki disse...

Léo: Demorou, meu parceiro! Mas só que tem um detalhe: Eu não vou mais te descontar, as horas extras pagarão as suas faltas, estamos entendidos? Aqui o regime é assalariado, mano. *éé vida de gado* \o/

Tiago Charão: Meu Grande. Bom te ver por aqui. Tô vendo que esse jogo é bão mesmo. Todo mundo jogou menos eu. hehe! Vou tomar vergonha e jogar já.

Valeu a dica, Léo, Tiago e Mari!! ^_^'

Léo disse...

@MestreRyu Vou apelar pro sindicato. Aguarde! E vê se toma vergonha e vai jogar logo, rapaz!

Mestre Ryu Kanzuki disse...

Léo: Amanhã no meu escritório.

Mestre Ryu Kanzuki disse...

Léo: Ih, sindicato. Ferrou! *coloca as mãos pra cima* Vou jogar sim. É que essa semana tem sido corrida me ocupando pra editar uma entrevista.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...