Em Destaque

domingo, 27 de junho de 2010

Dedo No Joystick: Michael Jackson 's Moonwalker (ARCADES) - Postagem de Luxo

DEDO NO JOSYTICK
Michael Jackson 's Moonwalker (ARCADES)

QUEM SABE FAZ AO VIVO



Megastar e fã assumido por ficção científica, Michael Jackson estava começando a mostrar também a sua paixão pelos videogames, hoje em dia ele acabou sendo reconhecido também como o colecionador de videogames mais famoso da mundo. Ele fez questão de participar na produção dessa adaptação para os fliperamas e também da versão caseira do Mega Drive, ambas lançadas quase que simultaneamente no Japão e EUA, em conjunto com uma das empresas mais cults desse mercado – e dona da licença dessas duas versões – SEGA. Era a hora de trazer ao público uma cara mais associada ao Michael Jackson de verdade. O jogo tem um ponto extremamente alto na qualidade sonora e gráfica. Logo ao adcionar a ficha, pode ser ouvida um dos famosos gritos de Michael: Woo-Woo. Quando o game começa, Mr. Big sai passeando pela sua nave, gargalhando demoníacamente, pode ser ouvida também seqüências em que o megavilão sai falando umas abobrinhas do tipo You Will Never Cath Me ou I Love You, Michael ..To Death!, enquanto lança espíritos de uma máquina sinistra. O cara mais parece ser um primo distante (e mais cruel) do que o gorducho Dr. Robotink (Ora, seria ele uma fonte de inspiração? Só a SEGA pode dizer).

Efeitos Visuais

Michael virando Jaspion.. Hoo!!

- Uma das coisas mais bacanas são os efeitos de zoom. Eles são mostrados quando Michael se transforma em Robô ou quando inimigos são abatidos e desaparecem da tela.


- Michael dá uma de super herói de gibi. A história do jogo é apresentada em vários quadrinhos durante as passagens de Round de uma maneira muito bem adaptada



- Michael faz umas pequenas coreografias quando está parado, uma delas é uma referência ao videoclipe Beat It


Sistema De Jogo

os três cavaleiros Jackson caminham contra a escória

O estilo de jogabilidade é um misto de jogo de luta e tiro, com uma visão vista por cima, de forma isométrica. Michael pode carregar e lançar uma rajada mágica, seu ataque comum e principal, cuja força varia de acordo com a animação. É possível jogar com até 3 jogadores ao mesmo tempo, a cor e visual de cada ataque varia de acordo com a posição em que o jogador está usando, todos possuem a mesma resistência.

Michael também pode dançar. Sua técnica de dança é um recurso especial que faz com que todos os inimigos da tela desapareçam. Uma coisa legal é que cada fase possui a presença da música de Michael, fora outras músicas extras que fazem o jogo ganhar uma identidade mais distinta do filme que foi baseado.



Vídeo apresenta algumas peformaces sonoras que só estiveram presentes na versão beta (como a Beat It cantada)

- Durante uma peformace especial, usando o botão A, as músicas do rei do pop surgem de maneira aleatórea, algumas são arranjos, contando com as suas coreografias famosas.


- Além de abater todos os inimigos que estão na tela é preciso dar atenção aos pequeninos perdidos pelo jogo. Cada criança encontrada é essencial para abrir caminhos e lhe garantir itens, elas podem te dar energia extra ou poder de dança.



- A reclamação está no sistema de carregamento de ataque normal. Seu personagem carrega de maneira contrária onde está mirando. Por ser um jogo de tiro estilo ataque o que vier pela frente, a percepção desses detalhes desnecessários complica a atenção no rítimo do jogo. O negócio é não marcar bobeira em meio a linha de bang-bang entre gangsters, máquinas e outros seres estranhos e treinar bastante pra driblar o temível Game Over.

Trafegando Pela Turnê Eletrônica



Conheça os Rounds, estágios presentes do jogo, dividos em 3 sub-níveis cada, e suas respectivas músicas:

Round 1 – Cavern
Música: Bad

Round 2 – Amusement Quarter

Música: Somooth Criminal (e arranjos)
- Os efeitos sonoros de estilhaço das janelas arrasam


Na guarda de uma pequena amiga

Round 3 – Night Street 
Música: Beat It
-Michael enfrenta até cães usando armaduras

Round 4 – Graveyard
Música: Another Part Of Me
- Cenário com cemitérios em determinada etapa, com a presença de zumbis femininos, inimigos não presente em versões caseiras

Round 5 – Evil Fortress

Música: Bad (Pode ser ouvida a voz de Michael: Who ‘s Bad)


Rendido pelos guardas. IH, sujou!

Encerramento

 Música: Billie Jean

FICHA TÉCNICA
 TÍTULO ORIGINAL: IDEM
FABRICANTE: SEGA/ ULTIMATE PRODUCTIONS
DATA DE LANÇAMENTO:
1990
SISTEMA: SYSTEM 16 
JOGADORES: 1, 2 OU 3
PAÍS: EUA/ JAPÃO



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...