Em Destaque

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Dedo no Joystick: The Great Circus Mistery: Starring Mickey & Minnie

The Great Circus Mistery: Starring Mickey & Minnie





Existem certas coisas na vida que não consigo entender, uma delas é: como é possível, os games antigos podem ser jogados por anos a fio, sem que nós nos cansássemos deles, enquanto jogos atuais não? Deve existir alguma magia gravada dentro daqueles cartuchos. É a única explicação possível. Existem jogos que dão a impressão de que poderiam ser jogados pot toda a vida, certo, jogar o mesmo jogo a vida toda cansa, mas, o nosso entusiasmo diante de certos parece nunca se esvair.
Me deparei com esse jogo na minha infância, porém, não o terminei na época. De algum modo, eu continuava a jogá-lo, apesar de sempre perder. Avança a fita alguns anos, e lá estou eu, em meu emulador, quando me lembrei desse game, baixei a ROM, e comecei a jogar. Aquela magia novamente tomou conta de mim, então, o zerei uma vez, duas vezes, três vezes...



O mapa do jogo, bonito não?


The Great Circus Mistery: Starring Mickey & Minnie, é um jogo feito pela Capcom, com versões para Mega Drive e SNES (a versão para Mega é indiscutivelmente melhor). Tudo aqui é bonito, bem feito, redondinho, e acima de tudo: inteligente.



Vê esse coração? Acredite, são muito úteis, vasculhe muito em busca deles.


A Capacom pegou artifícios de uma de suas famosas séries - Mega Man - e implantou nesse jogo. É claro, a dificuldade excessiva não foi utilizada, mas muitas características forma aproveitadas. Perceba:

- Os inimigos da fase do circo são bolinhas brancas que perambulam pelos cenários, e se assemelham muito com aquelas bolinhas pretas que atiram, por sua vez, presentes em Mega Man.
- O uso dos diferentes poderes devem ser usados para superar desafios e obstáculos das fases, além de inimigos e chefes.

- É preciso decorar os movimentos dos chefes e selecionar o melhor poder para enfrentá-lo, de acordo com seu padrão de ataque ou fraqueza.

- Existem locais secretos nos cenários onde é possível coletar itens para melhorar sua barra de vida. (Característica mais presente na série Mega Man X).

- Antes da luta contra o chefe final, é preciso reenfrentar os chefes encontrados anteriormente.



A Tortuguita voltou! E continua estúpida.

É incrível como os poderes se encaixam perfeitamente para exploração, você se sentirá muito inteligente ao desvendar segredos, parece que só você o conhece, e mais ninguém.
Um dos fatores que contibuem para que esse seja um bom jogo é o replay. Após o termino do game, pode-se ter uma noção maior das reais possibilidades dos poderes, usando-os sabiamente, pode-se descobrir novas possibilidades no game, como se ele se abrisse por completo em uma nova perspectiva. Como por exemplo: o chefe da casa mal assombrada pode ser derrotado muito facilmente, sem nem perder energia; no castelo, existem torres que lançam fogo, porém, podem ser facilmente dribladas com dashs da roupa de caubói; a chama dos inimigos vela podem ser apagadas com a roupa de faxineiro, os tornando vulneráveis aos ataques comuns.



Essa é uma incrível mescla de ação frenética e inteligência, além disso, é muito convidativo, pois os continues são infinitos, e existe a possibilidade de compartilhar a jornada com um amigo.


-Ei, Donkey Kong, esse é o jogo errado!



-E esse poder está errado também, o Spin Dash é do Sonic!

Ponto forte: O aproveitamento máximo e inteligente dos poderes.
Ponto fraco: É muito difícil juntar dinheiro para gastar nas lojas, e é muito fácil o perder, nunca é bastante. Isso frustra.
Nota do Léo: 7,5

7 Hit Combo :

Orakio Gagá Rob disse...

Legal o post, Leo, eu nunca joguei esse jogo aí. Fiquei com vontade de experimentar...

Interessante a sua analogia com o Mega Man. De fato, parece que a "herança" da Capcom está presente no jogo. É o tipo de coisa que a gente só nota quando presta atenção mesmo. Quando a gente se liga na mecânica de clássicos como Mega Man e Mario Bros, começa a enxergar seus reflexos em vários outros jogos, é muito interessante.

GLStoque disse...

Como assim o Gagá não conhece Mickey no circo? Vivendo e aprendendo.

Joguei muito esse jogo. É um dos melhores multiplayers já lançados. Nunca experimentei a versão de Mega. O que ele tem de melhor?

O jogo parece muito grandioso por causa dos poderes que coletamos. É muito bom.

Arrasou na Análise!

Léo disse...

Obrigado pelos comentários!
Em resposta eu digo, a versão do Mega teve um melhor acabamento, são detalhes, mas eles é que fazem a diferença.

Cosmão disse...

Joguei esses dias, mas sinto vergonha de admitir que NUNCA terminei ele...
Um dos melhores jogos do Mickey, sem sombra de dúvidas!
Não sabia dessas comparações com Megaman não, bem sacado isso da sua parte!

Anônimo disse...

pessoal o chefao mais forte que tem no jogo, nao é o da ultima fase, olha só:
**
1 RAPOSA no circu ( FACILIMA)
2 LEAO no circu (MUITO FACIL)
3 TARTARUGA no lago (FACILIMA)
4 GORILA na floresta (FACIL)
5 QUADRO VIVO na casa (MEDIO)
6 FANTASMA na casa (FACILIMO)
7 RAPOSA na caverna (MEDIO)
8 NUVEM RENEGERADORA no frio (DIFICIL DEMAIS)
9 RAPOSA na caverna (FACIL)
10 DINOSSAURO na caverna (COMPLICADO)
11 QUADRO VIVO denovo (DIFICIL)
12 RAPOSA denovo (MEDIO)
13 FANTASMA DO BARON no castelo (DIFICIL)
14 DRAGAO VERMELHO no castelo (DIFICIL)

ENTAO VEMOS QUE PARA MIN O MAIS DIFICIL E A NUVEM REGENERADORA, ELA CONGELA A GENTE.....E MUITO DIFICIL PASSAR DELA.

Anônimo disse...

QUAL É A MELHOR ROUPA PARA PASSAR CADA CHEFAO:**************** (OLHEM MEU COMENTARIO ACIMA, NELE FALA OS CHEFOES.)
**
1 RAPOSA ( roupa normal)
2 LEAO (aspirador de pó)
3 TARTARUGA (gancho)
4 GORILA (roupa normal)
5 QUADRO VIVO (cavalo)
6 FANTASMA (cavalo)
7 RAPOSA (cavalo)
8 NUVEM (aspirador de pó)
9 RAPOSA (gancho)
10 DINOSSAURO (roupa normal)
11 QUADRO VIVO (cavalo)
12 RAPOSA (cavalo)
13 FANTASMA BARON (cavalo)
14 DRAGAO VERMELHO (roupa norm. ou cavalo)

Carlos disse...

cancei de zerar esse jogo pro snes...facil de mais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...