Vá de Sedex :: Siga pelo Email

segunda-feira, 4 de março de 2019

[Santuário: Conectado] Vocalista do The Prodigy, Keith Flint, falece aos 49 anos.

 

Músico estava se preparando
para uma turnê em maio nos EUA

Uma notícia triste aos fãs da MTV da década de 90. Eu, como um bom espectador daquela fase desde 1997 até os últimos dias da MTV Brasil (e até da MTV Latina), esta notícia da semana de carnaval me pegou em choque.


Morreu nesta segunda-feira aos 49 anos o músico Keith Flint, vocalista da banda The Prodigy. De acordo com informação publicada pela imprensa inglesa, ele foi encontrado morto em sua casa, em Dunmow. De acordo com a BBC, a morte de Flint não é tratada como suspeita pela polícia.

Formada no início dos anos 1990, o The Prodigy fez sucesso ao misturar música eletrônica com batidas pesadas de rock. Além de Flint, a banda em seu início era formada por Maxim, que também fazia os vocais; Liam Howlett, compositor e DJ; e pelo dançarino Leeroy Thornhil. Entre os principais sucesso da banda estão “Firestarter” e “Smack my Bitch up”.
A morte do vocalista foi confirmada pela banda em redes sociais e no site oficial da banda tem o seguinte comunicado:
 
É com grande choque e tristeza que confirmamos a morte do nosso irmão Keith Flint, que infelizmente tirou sua própria vida neste final de semana.
Agradecemos por respeitarem a privacidade de todos os envolvidos neste momento.

Site The Prodigy em luto.  
Agradecimentos pela tradução: Tenho Mais Discos Que Amigos


Eu me lembro que neste período eu me encontrei no gênero das músicas. Sempre fui muito fã de música eletrônica. Me recordo da estreia de todos os seus clipes. Firestarter se tornou um dos meus hits favoritos ao lado de outros hits únicos de 1997 - era praticamente o meu número 2 (Chumbawamba e o seu "Tubthumper" que o diga, foi o meu hit número 1). Seu polêmico Smack My Bich Up, que teve uma edição reduzida e outra sem censura, foi o primeiro videoclipe da história que eu vi com faixa etária elevada (inadequado para menores de 16 anos) aonde envolvia consumo de drogas e a experiência do transe.

KEITH FLINT (1969-2019)
 
DESCANSE EM PAZ
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...