Em Destaque

sábado, 10 de maio de 2014

[Sessão Crítica] 24 Horas: Viva um Novo Dia (Episódios 1 & 2, ING/ E.U.A., 2014)

NESTA POSTAGEM
SESSÃO CRÍTICA
24 HORAS: Viva Um Novo Dia 
Curiosidades
Galeria
Ficha Técnica


SESSÃO CRÍTICA
24 HORAS: Viva Um Novo Dia 

A VOLTA 
DE JACK BAUER
Jack e Chloe, duas estrelas da série e dois amigos fieis, 
se reencontram em um novo tempo

"-As melhores histórias hoje em dia estão na TV", disse então o professor em escrita criativa, Robert Mckee. Ele foi consultor de inúmeros artistas de Hollywood que, graças aos seus ensinamentos, faturaram as suas merecidas estatuetas do Oscar. 

24 Horas surgiu em 2001, mostrando ousadia e criatividade em seu formato - firmando uma nova era das séries dramáticas da TV Americana. O resultado se tornou uma receptividade ampla em uma enxurrada de grandiosas séries psicológicas e intrigantes. 

Em plena era Bush e apenas 1 mês após os ataques do 11 de Setembro, a série caiu como uma luva ao retratar os problemas por trás do governo dos Estados Unidos em uma então recente era esfumaçada e bem distante do sonho Americano - visto com enorme otimismo e inspiração por outras obras, como as vistas no cinema (Top Gun: Ases Indomáveis que o diga). E não só isso, tudo ocorria em tempo real (24 Horas equivalia aos 24 episódios). A série ainda "previu" o futuro: num mundo ficcional, com elementos de nossa realidade, nos apresentou um modelo de presidente ideal, e este era o popular e carismático David Palmer (Dennis Haysbert). E o mais interessante disso? Ele era negro. Consequentemente, tivemos um presidente negro Americano eleito desde 2008, Barak Obama - com igual popularidade e carisma. 

Diferente de Palmer lá em 2001, Obama passou a ser questionado mundialmente pelos eventos recentes da NSA. Aquele carismático presidente eleito de 2008, que posteriormente andou caindo em popularidade, lamentavelmente, passou então a viver um dos momentos mais conturbados de seu segundo mandato.  Em sua 8ª (e "última") temporada, Jack Bauer (após se rebelar contra a própria agência tantas vezes) acaba fugindo como um renegado. 

Agora, "Para Viver em um Novo Dia", o ex-agente federal retorna após 4 anos de ausência na TV (e como passou rápido). Restaria saber se Jack ainda teria fôlego para contar uma nova e boa história desde os períodos pós 11/09. Para o cenário Obama e NSA, 24 Horas poderia ter boas histórias para contar aos velhos fãs, porém, não se sabia ainda se agradaria aos antigos fãs e espectadores de uma nova geração. 

A ousadia da série, que colocava o protagonista e os coadjuvantes mais queridos em risco (e em muitos momentos, alguns terminavam em um final surpreendentemente pessimista), é relembrada nessa minissérie (considerada a "9ª temporada"). "...Viva Um Novo Dia" possui apenas 12 Episódios, aparentemente a metade do dia de uma missão ou trajeto realizado por Jack Bauer, como de costume em suas 8 temporadas regulares. 

No primeiro episódio, encontramos os agentes do governo realizando algo parecido com a CTU (ou "UTC" - Unidade Contra-Terrorista), pesquisado dados de ninguém mais e ninguém menos do que.. Jack Bauer, que se encontra capturado. Enquanto é perseguido pela durona agente Kate Morgan (Yvonne Strahovski), Jack resgata Chloe 'O Brian (Mary Lynn Rajskub) de maus bocados. Mary Lynn vive rara sequência dramática com sua personagem. Ótimas atuações do trio em meio as sequências de ação. 

Enquanto o primeiro episódio termina com um outro evento terrorista desencadeando a nova trama, o segundo episódio (aonde os eventos ocorrem entre 12: 00 e 13:00) começa a estrear os seus passos em terras inglesas com firmeza. É aonde os vilões começam a dar as caras e o desenrolar clássico da série começa a ganhar uma pequena impulsão (terminando de uma maneira fulminante) justificando a importância do canal pago Fox ao exibir os dois primeiros episódios em sequência (com 1 dia de atraso em relação aos E.U.A.).  A trilha sonora continua a uma atmosfera dramática sem igual (como na sequência onde Jack e Chloe estão sendo transportados em um caminhão). 

Assim como na série, participações especiais de rostos famosos no cinema dão as caras aqui também. Um deles é Colim Salmon (Geral Cobum), já que o ator é famoso pela sua atuação nos filmes de 007 estrelado por Pierce Brosnan (007: O Amanhã Nunca Morre). Um dos motivos que fazem o clima ficar mais "Bondiano" - sem contar o subtítulo e o intérprete de Jack Bauer ser inglês. Outro que dá face às caras novas é Benjamin Bratt como Steve Navarro - um chefe da CIA que persegue Jack Bauer implacavelmente, contando com a sua subordinada, a agente Kate.

Laços familiares entre agente e presidente aqui se repete, com Jack e James Heller - ex-secretário de defesa extinta CTU e agora é um líder Americano que aparentemente parece estar sofrendo de alguma doença do esquecimento.  Porém, com Jack entregue ao governo, o objetivo dessa relação parece cair em mistério, assim como alguns questionamentos de Chloe a Jack ("- o que ele fez nesses 4 anos?").
É interessante perceber a importância das personagens femininas na série e as aproximações de câmera durante as expressões e falas dos personagens, charme característico da série (fora as divisões de cenas) e algumas pequenas semelhanças com a primeira temporada (mesmo contada de uma forma diferente em tempos diferentes).

Como de costume, 24 Horas não se sustenta apenas em numa história principal, uma outra interessante subtrama também entra aonde um jovem militar (John Boyega, como Chris Tanner) tenta provar a inocência diante de atentados terroristas contra o seu próprio grupo.

Com novos rostos de sucessos recentes da TV (como Dexter) ; velhas fórmulas, entrelaçadas em um desenvolvimento mais lento, e desfecho surpreendente, "24 Horas: Viva Um Novo Dia" nos faz torcer para que Jack Bauer continue vivendo e nos divertindo por mais longos dias.

Atenção: "24 Horas: Viva um Novo Dia" é exibida no canal Fox todas as terças-feiras às 22:30. Reprises: Sábado (13:00); Domingo (22:00 e 23:00) e Segunda (11:00). Confiram a programação completa na página do Canal Fox.
Curiosidades
- O ator Kiefer Sutherland (o próprio Jack Bauer) já declarou o seu interesse em realizar um filme, desde meados de 2007, para trazer segmento a série no cinema. Nesse caso, a trama não seria em tempo real. Uma das sugestões de Kiefer, era um longa mostrando como Jack veio a se tornar o agente federal. Ou caso isso não acontecesse, Jack poderia morrer na última temporada. Os produtores acabaram não entrando em um consenso e as ideias foram descartadas. Graças à Deus, o personagem Jack não morreu (para a alegria dos fãs) mas ainda dá pra torcer para que venha um filme tão bom quanto a série por aí. Talvez tudo dependa receptividade desse grato retorno.

- A Australiana Yvonne Strahovski nasceu como Yvonne Strzechowski. Seu sobrenome é artístico.

GALERIA


FICHA TÉCNICA
Título Original: 24: Live Another Day
Duração: 43 Minutos
Sessão Acompanhada: 7/05/2014 (Quarta-Feira) - 21:00 - Canal Fox (SKY+)
Gênero: Drama/ Ação

Sinopse: No último capítulo, o agente da unidade antiterrorista dos EUA, Jack Bauer, tornou-se um fugitivo da justiça americana, por uma conspiração entre os presidentes dos EUA e a Rússia, após a tentativa de um primeiro tratado de paz com a República Islâmica do Kamistão ter fracassado. Hoje, Jack deixa seu esconderijo em Londres, para interceptar um ataque terrorista que poderia mudar o mundo para sempre, enquanto é perseguido pelo alto comando da CIA por ordens do presidente dos EUA, James Heller.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...