Em Destaque

domingo, 29 de abril de 2012

[SESSÃO CRÍTICA] Os Vingadores - The Avengers 3D Legendado

NESTA POSTAGEM 
SESSÃO CRÍTICA 
OS VINGADORES - THE AVENGERS

EXTRAS
RESUMO DA CRONOLOGIA OS VINGADORES
GALERIA
FICHA TÉCNICA




SESSÃO CRÍTICA 
OS VINGADORES - THE AVENGERS

SUPER UNIÃO, SUPER REBELDES
Este é sem dúvida o filme de ação mais esperado dos últimos anos. O sonho era antigo para os produtores da Marvel. Para muitos de nós, desde 2008, quando o primeiro filme do Homem de Ferro estreou nos cinemas e fez aquele barulho.

Seguindo a essencia dos filmes anteriores, ligados cronológicamente à esta produção, o filme tem como base o universo Ultimate da Marvel, nos quadrinhos. Universo que teve suas origens em 2000, após a bem sucedida adaptação de X-Men dirigido por Bryan Singer, a Marvel então achou que recontar as histórias clássicas de seus heróis de uma forma popular em um universo mais atual e de visual renovado, traria uma maior identificação para uma nova geração de leitores. 
A primeira aventura da superequipe nos quadrinhos foi em 1963

Os Vingadores é uma adaptação de um super encontro que se iniciou nos anos 60 - com a intenção de competir com a DC Comics e a sua Liga da Justiça. E como numa história em quadrinhos, foram surgindo filmes paralelos de cada herói no decorrer desses 4 anos (Homem de Ferro, O Incrível Hulk, Homem de Ferro 2, Thor e Capitão América: O Primeiro Vingador) e quem se encarregou de produzí-los foi a própria Marvel (com a sua própria divisão de cinema, Marvel Studios). 

 Na mecânica, o filme dosa momentos para longos diálogos e depois parte para ação, depois volta aos diálogos e assim sucessivamente. Na hora que a ação come solta, a dinamica dos personagens é muito bem explorada num ritimo bem mais alucinante e extenso que nos filmes anteriores como se previa - uma coisa que era, por vezes, um pouco contida - lançando conflitos em pequenos locais - e agora é uma grande cidade (advinha?) - talvez para não ofuscar as idéias guardadas para este filme evento. O senso de humor é o maior destaque, não deixando de lado um pouco do drama que sensibiliza a história  e o sacrifício dos heróis. 

O destaque vai para Samuel L. Jackson, fazendo uma presença maior como Nick Fury. Mark Ruffalo substitui Edward Norton como Bruce Banner/ Hulk na produção - me deixando sempre na imaginação de como o próprio Norton agiria naquela determinada cena como Bruce Banner ou Hulk - mas ainda assim um grande substituto, prova o seu valor (apesar de toda polêmica em torno dessa substituição). Robert Downey Jr. continua marcando presença com o seu carismático Tony Stark/ Homem de Ferro; Chris Evans mantém sua seriedade e realmente dá pra acreditar que ele pode liderar uma equipe com o seu Capitão América/ Steve Rogers; Tom Hiddleton continua impressionando na dramaticidade como o vilanesco Loki e Chris Hemsworth torna-se mais um apoio emocional com o seu Thor;  Scarlett Johansson não faz feio nas habilidades físicas, mostra ter mesmo porte pra heroína de ação com sua Viuva Negra, em conjunto com Jeremy Renner na pele do Gavião Negro/ Clint Barton, formam uma ótima dupla;  e o cara, Stan Lee, entra no clima de forma bem humorada em meio ao agito da trama.
O diretor Joss Whedon no set

Uma das curiosidades é que o diretor Jon Fareau, quando esteve envolvido nos filmes do Homem de Ferro, comentou sobre suas idéias para o filme dos Vingadores - caso ele fosse o diretor. Uma dessas idéias era de que não seria um filme integral e sim uma pequena série de filmes sendo lançados semanalmente no  cinema - como um capítulo em quadrinhos. Uma idéia complexa, mas também interessante por ser parte de um grande evento cinematográfico e o próprio diretor escalado, Joss Whedon, afirma que a primeira versão do filme tinha quase 3 horas. Não é toda hora que se vê tantos astros e Super Heróis famosos juntos na tela. É como ver Arnold Schwarzenegger, Jean Claude Van Damme e Sylverster Stallone num mesmo filme - quem diria imaginar que um dia isso iria acontecer de verdade. 
No formato 3D, apesar do filme ser apenas convertido, os efeitos visuais e closes (aparentemente propositais) são bem sentidos na tela com os óculos. O diretor Joss Whedon (Buffy: A Caça Vampiros, TV) não se interessava no formato, mas domou os grandes desafios acerca desta produção - alguns torciam o nariz ao olhar o currículo do diretor - assim como Joe Johnson em Capitão América, Joss mostrou ser capaz de conduzir um grande projeto, agradando quanto ao trabalho de interagir tantos personagens, universos e atores ìcones desta cinessérie Marvel - coisas que com sua experiência que teve em séries de televisão e quadrinhos (que também chegou a sofrer com algumas recusas) provou com maestria essa transferência de habilidades para a tela. 
Atenção: Não saiam durante os créditos

RESUMO DA CRONOLOGIA OS VINGADORES
**Segue a ordem de acordo com o tempo ocorrido dentro dos filmes**

1 de Janeiro de 965
(Gigantes invadem a Terra)
- Thor
....
4 de Julho de 1918
(Nascimento de Steven Rogers)
- Capitão América: O Primeiro Vingador
....
1 de Janeiro de 1954
(Exposição Mundial de Stark)
- Homem de Ferro
....
18 de Dezembro de 1969  
(Nascimento de Bruce Banner)
-O Incrível Hulk 
....
12 de Fevereiro de 2012
-Os Vingadores

**Muitos dos acontecimentos vistos nos filmes ocorrem paralelamente**
Veja mais em Marvel Cinematic Universe Timeline (Cronologia dos acontecimentos dos eventos entre os filmesAqui

A HQ Os Vingadores Prelúdio também explica o espaço entre as histórias. São ao todo 8 volumes.


GALERIA 










FICHA TÉCNICA
TÍTULO ORIGINAL: THE AVENGERS
TÍTULOS ALTERNATIVOS: AVENGERS ASSEMBLE, MARVEL 'S THE AVENGERS
SESSÃO ACOMPANHADA: 18:40 NORTE SHOPPING UCI KINOPLEX (28/04/2012)
DATA DE LANÇAMENTO: 27/04/2012 (BRASIL) 
PAÍS: E.U.A.
DURAÇÃO: 136 MINUTOS (2HORAS E 15 MINUTOS)
DIREÇÃO: JOSS WHEDON
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...