Em Destaque

domingo, 17 de julho de 2011

[Street Fighter II 20 Anos - 1st Special Bonus Stage ] Ao Pé da Letra: Street Fighter - Série III: Street Fighter Zero 3 - Minissérie em 4 edições (Ed. Trama, HQ, Brasil, 1999)

 NESTA POSTAGEM 

AO PÉ DA LETRA AO PÉ DA LETRA
AO PÉ DA LETRA  
AO PÉ DA LETRA AO PÉ DA LETRA
STREET FIGHTER - SÉRIE III: STREET FIGHTER ZERO 3

CURIOSIDADES CURIOSIDADES
CURIOSIDADES
CURIOSIDADES CURIOSIDADES

AO PÉ DA LETRA AO PÉ DA LETRA AO PÉ DA LETRA
AO PÉ DA LETRA
AO PÉ DA LETRA AO PÉ DA LETRA AO PÉ DA LETRA

STREET FIGHTER - SÉRIE III: STREET FIGHTER ZERO 3 (HQ)

O CICLO DA STREETMANIA EM VERDE E AMARELO
Esta Mini-série em 4 Edições reproduz, com muita fidelidade, a história do game Street Fighter Zero 3 tendo a participação de todos os personagens - com desenhos belíssimos da ilustradora Erica Awano (que se tornou muito importante no cenário do Manga Nacional com a série Holy Avenger) e roteiro do premiado Marcelo Cassaro (Street Fighter - Série II, Ed. 4 e 5). Essa aproximação com o jogo, percebe-se tanto pelo traço quanto pelo cuidado com a história dos personagens - com detalhes adaptados pra deixar a história bem amarradinha e com um toque mais profundo.

Os mais aprofundados na história de SFZ 3 reconhecerão o confronto entre Sagat e Shin Ryu no meio tempo em que outros lutadores estão para enfrentar Vega (M.Bison nos EUA). Incrível. Há também paralelos acrescidos, como a luta de Guy e Cody contra Rolento para salvar Jéssica mais uma vez das garras da Mad Gear e encarar a nova ameaça: Shadowlaw (nesse caso, eles ainda consideram como Shadaloo como nos EUA).

A história mantém o rítimo ágil das séries nacionais da Editora Escala com maior fidelidade à determinados detalhes do enredo oficial do jogo e mantendo algumas referências ao longa animado de 1994 (como a luta entre Shin Ryu e Sagat e de como Sagat conseguiu sua cicatriz, em ordem antológica).

Os efeitos de coloração nos desenhos dão um aspecto de extrema obra de arte, um grande vigor no visual. Enfim, pontos baixos para essa série? Apesar da arte, estilo humor e caricatura, de Wagner Fukuhara  possa dividir opiniões, não há pontos baixos. Faz juz como uma edição que tenta explicar os acontecimentos finais da série Street Fighter Zero de forma dinâmica e bem empolgante.
Outro grande ponto forte, é trazer pela primeira vez personagens até então mais novos no universo Street Fighter e com poucos apreciadores, como: Juli, Juni, Karin e Rose. E grandes destaques para personagens mais famosos, pouco ou mais veteranos como: Cammy, Dhalsim, Dan Hibiki, Gouki e Charlie. Por fim, todos participam com eficientes atuações, sem deixar algum desapontamento.

CURIOSIDADES  CURIOSIDADES  CURIOSIDADES 
CURIOSIDADES
CURIOSIDADES CURIOSIDADES  CURIOSIDADES 

Scan por Mestre Ryu
- As edições são em formato médio assim como as edições adaptadas da Malibu e a segunda série da Escala.

O Capitão Ninja era um fanfarrão

- O famoso Capitão Ninja da revista Gamers - a edição nacional que saía por aqui em meados de 1994 - faz uma participação especial na última edição em uma história extra. O personagem foi criado por ninguém mais e ninguém menos do que Marcelo Cassaro.
- Houve um erro de digitação na primeira edição. Colocaram o nome da ilustradora Erica Awano com o sobrenome Awani. 

CONTINUA EM
  STREET FIGHTER - SÉRIE III: STREET FIGHTER ZERO 3 (HQ) 
EXTRAS DE COLECIONADOR
PRÓXIMO DOMINGO 
NÃO PERCA

STREET FIGHTER II 20 ANOS: POSTAGENS ANTERIORES STREET FIGHTER II 20 ANOS: 
STREET FIGHTER II 20 ANOS: POSTAGENS ANTERIORES  
STREET FIGHTER II 20 ANOS: POSTAGENS ANTERIORES STREET FIGHTER II 20 ANOS: 

12 Hit Combo :

Rafael Fernandes disse...

Eu lembro que havia comprado esse mangá, na época que frequentava os arcades e era muito viciado no SFA 3. Era muito bom, a qualidade realmente era impecável. É até mesmo surpreendente que o roteiro, e os traços, foram todos concebidos aqui... Porque ficaram bastante fieis ao design do jogo.

Administrador_Leonardo disse...

Hahah que Show!! desse eu nem sabia da existência!! MUITO interessante isso cara =D

Mestre Ryu Kanzuki disse...

Rafael Fernandes: Tá sumindo, mano. É um grande prazer em revê-lo, Bond, James Bond. Conheci essa série muito tarde e realmente foi uma grande surpresa. Fiquei boqueaberto com a qualidade quando comprei essa série. E olha que a série veio em 1999, mais ou menos na época de lançamento pro Playstaition 1. Fóruns de Rpg, Animê e games começavam a surgir na Internet Brasileira. Os artistas aproveitaram bem todo o material que tinham em mãos. Pra mim, esta série está em 2ª lugar no ranking - a série I recebe o 1ª.

Muito bom saber que um dia você foi viciado em Street Fighter Zero 3. Esse capítulo ainda permanece o melhor pra mim. Principalmente nas suas conversoes caseiras. Sem desmerecer o também ótimo SF IV, que resgatou todo esse espírito.
Todo o quadrinho é um luxo mesmo.

Mestre Ryu Kanzuki disse...

Administrador_Leonardo: Saudações em revê-lo. Extramente indicado essas HQs. Recomendo buscar num sebo pra colecionar. E domingo que vem tem os extras, trazendo mais materiais de coleção da revista. Um abraço a todos.

Bia Chun-li disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bia Chun-li disse...

Eu tenho todas!!!! De enredo, Cassaro cometeu uns tropeços horríveis como o Sagat ter o Tiger Upercut antes de conhecer Ryu, as Shadaloo Dolls serem clones de Cammy literalmente, Nash não morrer e Rose gostar do Dhalsim O.o...

Mas, de uma maneira geral, é uma boa história, o traço de Awano melhorou demais se comparado à época em que ela desenhou o Megaman.

Minha birra mesmo é com o Capitão Ninja na história extra, em que ele insinua que namorou a Chun-Li. Putz ficou algo Mary-Sue demais, sabem, aquela coisa do autor colocar o seu alter-ego numa história já conhecida para satisfazer seus desejos, como as fan fics que tem por aí, com personagens originais que namoram/transam e etc com o personagem que o autor/autora ama. Seria como eu criar uma fan fic onde crio uma personagem brasileira que namora o Ryu (e quem me conhece sabe que ele é o meu char masculino favorito da franquia). E o fato da Chun-Li odiar americanos devido ao Capitão é bastante sem noção, já que no game ela mantém amizade com Nash, Guile e Ken.

Mestre Ryu Kanzuki disse...

Bia Chun Li: Eu odiava o Capitão Ninja, até por essa questão dele tirar onda que namora a Chun Li. Mas eu aprendi a gostar dele com o tempo. Ainda mais que, relembrando sua ficha, acabei rindo com o fator "cara de pau". Eu acho o Marcelo Cassaro um excelente contador de histórias. Parabéns a todos os artistas.

Anônimo disse...

Felizmente os autores não são bitolados a ponto de somente descreverem jogos. Agradar fanático que queria ver videogame desenhado em quadrinhos é impossível.

Quando os autores nao sao bitolados, conseguem contar outras historias. Pode até nao gostar, mas arriscaram. Porque pegar partida de game e transcrever literalmente seria uma imbecilidade sem limites. Coisa pra fanático e só isso.

Al_kar

Diego Kober disse...

Ainda tenho essas edições aqui em casa, assim como a minissérie do Mortal Kombat, e toda a Holy Avenger.
Isso ficará pra meus descendentes :D

Mestre Ryu Kanzuki disse...

Anônimo: Eu entendo você. Adaptações geralmente se tem liberdade criativa. Ficar preso num contexto só fica previsível. Se fosse uma história informativa do game, seria diferente, ele teria que ser 100% fiél. Mas sendo uma aventura inspirada no game SFZ 3, como foram as histórias anteriores inspiradas nos materias de SF II, então dá pra levar.

Diego Kober: Show! A série MK 4 é uma que gostaria de conhecer.

Azrael_I disse...

Tenho a mini-serie completa aqui em casa, é um dos meus tesouros...

Só um pequeno errinho seu de digitação: é HOLY Avenger(você escreveu Holly).

Mestre Ryu Kanzuki disse...

Azrael: Showzaço as revistas, né? Fico surpreso que existem muitas pessoas que já leram ou possuem essa série na coleção.

Obrigado por ter reportado o erro. É que o teclado que eu uso está com problemas e fora a pressa de sempre pra digitar. hehe! Vou corrigir isso. Mil Desculpas por essa falta.

PS: Azrael é aquele personagem da HQ da DC ou o anjo?

Muito obrigado pela participação. Volte sempre. Mega abraço!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...