Em Destaque

quarta-feira, 6 de julho de 2011

E se o mundo fosse um RPG?



Já pensou se o mundo fosse como um RPG? Se nossa vida imitasse as mecânicas dessa categoria gamística? A partir desses pensamentos, este post foi criado. Aqui analisaremos diversos aspectos do mundo se ele funcionasse como em um RPG. Pegue sua espada e pergaminhos de magia e vamos iniciar nossa quest!

Política
Somente dois sistemas governamentais poderiam existir: a monarquia e o imperialismo.
Em caso de monarquia, o rei geralmente é bondoso e há de ajudar em nossa jornada, é claro, logo depois que {ele} for devidamente ajudado. O monarca é querido pela nação assim como a nação é querida por ele. Possui também uma linda filha que é apaixonada (ou se apaixona) pelo herói do reino.
Em caso de imperialismo, a tirania prevalecerá, e é contra ele que lutamos. O tirano oprime a população, causa destruição e sofrimento. É caracterizado por suas roupas espalhafatosas e risada “do mal”. Quando for derrotado, a jornada termina e o mundo será submergido pela paz.
MUAHUAHUAHUA!!!

Economia
Lá está você andando pela cidade, quando se depara com AQUELA armadura, porém, sua carteira está vazia. O que fazer? Simples! É só sair da cidade e matar alguns monstros aleatórios para subtrair o dinheiro deles (latrocínio) , depois é só comprar o que deseja.
A economia se basearia principalmente no segundo e terceiro setores. Cada um na dependência de seus lares produziria seus próprios artefatos a partir da matéria prima mais encontrada pela região, apesar de que não se vê muitos locais onde o extrativismo ocorre. Se você for ferreiro e/ou tiver grandes conhecimentos metalúrgicos, sua vaga de emprego é garantida.
Cabe a você escolher entre destruir a fauna por dinheiro e trabalhar honestamente.
"Malhar ferro todo dia, ah que agonia..."

Educação
Escolas? Educação? Estudar? Pra quê?
Ao invés de aprender a fazer contas, ler e escrever, o negócio é aprender a lutar com uma espada e a soltar bolas de fogo. Afinal, é só isso que importa na vida.
Uma criança poderia muito bem largar escola e família para viver uma vida de aventuras mundo afora e ainda por cima se dar muito bem. Sem contar que QUALQUER estudante de inteligência e habilidades menores, contando que tenha muita teimosia na cabeça, poderia ser também um sucesso em potencial.
Portanto, não se esforce e deixe tudo acontecer, pois tudo dará certo no final. (por favor, entendam que foi uma brincadeira).
"Vou andar de bicleta, depois batalhar e depois virar exemplo para as futuras gerações!"

Saúde
Se o mundo fosse um RPG, os hospitais seriam totalmente inúteis, e qualquer um seria um farmacêutico em potencial.
Todos os males podem ser curados com remédios adquiridos na lojinha mais próxima. Podem ser comprados em toneladas, sem receita, e ser admnistrados da forma que melhor lhe convir, afinal, não haverão efeitos colaterais.
Caso não queira gastar o seu dinheiro “honestamente ganho” , é só parar em qualquer estalagem (INN) e dormir. Ao acordar, TODOS os seus problemas de saúde terão desaparecido.
Mesmo se alguém morrer, nada que um bom item ou padre dê conta. Só não funcionará caso seu nome for Aerith.
Moço, me vê mais 20 reacarregadores de HP pra viagem!

Informação
Se hoje, no mundo real, a informação corre, em um RPG ela voa pelo vento em um jato supersônico.
Incrível como algo acontece em uma parte do globo, e todos da outra parte do globo já sabem quase que instantaneamente do ocorrido. O mais incrível de tudo isso é que não existem meios de comunicação tais como jornal, revista, TV, telefone, cartas e nem internet. Se alguém possui alguma explicação para isso, nos diga.
PRESTE ATENÇÃO: Se mais de uma ou duas pessoas comentarem sobre um mesmo fato que você desconhece, ele acontecerá com você, esteja certo disso!
Não há assunto, todos já sabem de tudo

Lendas
O mundo é repleto de mistérios milenares que até hoje não foram elucidados. Em um RPG não é diferente. Lendas fazem parte do mundo, seja o aparecimento de uma criatura lendária ou algum local místico.
Ao chegar a um povoado novo, a população há de te contar sobre a lenda local, incessantemente, como se a cidade girasse na órbita da lenda. Eles dirão que tudo aconteceu há muitos e muitos anos, e desde então não tiveram mais notícias do mito.
Futuramente, de repente e não mais que de repente, a profecia da lenda se concretizará bem diante dos seus olhos. Que coisa mais “inesperada” ! A gente mal chega em uma cidade rodeada de lendas, e elas, depois de centenas de anos, acontecem bem na nossa frente! É...
"É uma cilada, Bino!"

Entretenimento
Depois de tanto trabalho, é óbvio que você gostaria de se divertir de algum modo.
Se a vida fosse como um RPG, não haveria rádio, TV, nem internet. Então nós esperaríamos incessantemente por uma feirinha ou festival anual, que geralmente é boicotada de algum modo por alguém de más intenções.
Nas férias, não haveria muita graça em viajar, porque podemos andar de um ponto ao outro do continente em pouquíssimos minutos, isso se nenhum bicho cruzar aleatoriamente o nosso caminho.
Portanto, quem curte pegar uma estrada, esqueça. Não seria tão legal ir a algum local mais afastado para relaxar nas férias, pois ele poderia ser acessada a qualquer momento, tirando a graça do local, e consequentemente, das férias.
As feirinhas e seus participantes animados

Concluindo
Se o mundo fosse como em um RPG, tudo seria bastante peculiar e curioso, mas nem por isso menos interessante. Seria interessante passar alguns dias em um mundo assim, porém, não há nada como nosso bom e velho mundo real.
Leitor gets 3200 XP, 1200 Gold and Gold Sword. Level up!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...