Em Destaque

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Papo-Cabeça: Mestre Ryu V.S. Geração Playstation: Jogos de filmes e Jogos remakes. Uma reflexão



Inicialmente eu queria ter colocado o título dessa postagem como Jogos Baseados em Filmes Que Deram Certo, mas o que entra em questão não é a reputação do público ou o que a crítica especializada pensa hoje a respeito.

É importante levar em consideração que as opiniões mudam com o tempo. A crítica especializada dedicada ao novo modelo de jogadores - o público Gamer: uma tribo informatizada, graças à inclusão digital, e mais xiita. Eu venho de uma velha geração de gamemaníacos, que folheia revistas velhas e respeita os jogos em sua devida época, às vezes tentando acompanhar as técnicas e a linguagem do público Gamer. Admito que isso às vezes me incomoda bastante com a minha tamanha divergência de opiniões.

Essa mesma crítica especializada (e Gamer) certas vezes generaliza. Em uma certa revista (acredito que a EGM Brasil, mas juro que não lembro) disse que não havia jogo baseado em filme que preste e que o lançamento da adaptação de X-Men Origens: Wolverine de Playstation 3 mudaria tudo.
Bem, gente, não é bem assim.

No decorrer dos anos, houveram muitos jogos bons baseados em filmes, nem sempre bons. E muitos deles acabam sendo uma estensão do que se vê nos filmes.


Como já cansou essa festa de falar mal de adaptação de jogos baseados em filmes.. vamos ao que interessa:


Exemplos de Jogos Baseados em Filmes Que Eu Aprovo

Judge Dredd
(Mega Drive & SNES)
Quem assistiu ao filme O Juíz, como eu, em sã conciência, certamente viu que não era um adaptação fiél a série quadrinhos Ingleses criados por John Wagner e Carlos Ezquerra. Era um filme ao melhor gosto Americano. Era um filme mais Stallone do que de Super Herói. Quando você a capa do filme, a intensão que passa é de que Stallone está a maior parte do filme representando o personagem, o que não é verdade. Toda a ambientação futurista é perfeita, mas o Rob Schneider mais atrapalha do que ajuda no filme, o que piora ainda mais o resultado. O jogo consegue melhorar essa caracterização, tem o personagem vestido o tempo todo, cenários e objetos futuristas. O maior destaque vai para a trilha sonora cinematográfica do Snes, é de encher os ouvidos.

Robocop V.S. The Terminator
(Mega Drive)
O jogo chegou antes de uma possibilidade de adaptação para os cinemas, tendo uma HQ tempos depois. E a Virgin Games sempre teve altas sacadas para a Geração X dos anos 90. Houve uma versão para Snes também. Resultado? É o melhor jogo do Robocop de todos os tempos.. até me provarem o contrário.

Alien V.S. Predator
(Arcade)
Eu díria que esse jogo tem uma ambientação e enredo infinitamente melhor que qualquer adaptação cinematográfica reunindo essas criaturas no cinema até hoje. Foram dois filmes cagados, correto? A Capcom poderia ter chamado James Cameron para adaptar o seu jogo para as telonas. Duvido se não ia dar certo.

Stargate
(Mega Drive)

Stargate, o filme de 1994 dirigido por Roland Emerich (2012) e depois virou uma série de TV para a NBC, chegou a ser considerado o Star Wars dos anos 90. Bom, não é pra tanto. Talvez O Quinto Elemento, sendo assim, quem sabe. É o mesmo que falavam de Johnny Mnemonic - O Cyborg do Futuro em relação a Blade Runner - O Caçador de Andróides. O jogo praticamente faz o que os games da Lucas Arts já fizeram com Star Wars, espandir o seu universo. Você está na pele do coronel Jonathan 'Jack" O' Neil (Kurt Russell), o protagonista do filme. A jogabilidade mistura um pouco o estilo de Prince Of Persia e Contra. Para ir de um lugar ao outro você precisa buscar alguma informação com outros personagens, que lhe dão as coordendas na aventura. Pra quem curte jogo de ação 2D é de babar (principalmente a animação, bons gráficos digitalizados, e trilha sonora). Nada menos do que obrigatório. Disponível também para SNES.

The Mask
(SNES)
 Baseado no filme O Máskara, que lançou Jim Carrey e Cameron Diaz ao estrelato mundial. A adaptação dos quadrinhos também caiu bem nesta versão de SNES. O personagem tem todas as características divertidas do filme em um ambiente ainda mais cartunesco.

The Goonies
(Nes)

Baseado no filme Os Goonies, sucesso dos anos 80 dirigido por Richard Donner (Máquina Mortífera), escrito por Chris Columbis (Esqueceram de Mim) e produzido por ninguém menos do que Steven Spielberg. É um jogo de plataforma com mistura de labirinto. A jogabilidade e o som são muito agradáveis (a música remete ao tema The Goones R Good Enough cantado por Cindy Lauper - a Lady Gaga dos anos 80). O desafio é coisa de um autêntico jogo do Indiana Jones da melhor espécie. O jogo foi produzido pela competente Konami.

Super Star Wars
(SNES)
Remake da adaptação para Nintendo 8 bits, você segue com a aliança rebelde, representado por Luke Skywalker, Han Solo ou Chewbaca, para deter o império de Darth Vadder. Ganhou outras duas Super continuações tendo os episódios O Império Contra Ataca e O Retorno de Jedi como temas. O jogo se destaca pelos gráficos, com os efeitos Mode 7 (que possibilita o zoom) e a profunda fidelidade dos memoráveis filmes. Lucas Arts já mandava ver há muito tempo.

Indiana Jones' s Greatest Adventures
(SNES)
Uma copilação das 3 clássicas aventuras de Indiana Jones no cinema. A SEGA, infelizmente, não foi bem com as suas duas versões para o Mega Drive. Já o SNES, conseguiu surpreender. E a Lucas Arts mais uma vez estava lá à frente da produção.

Jurassic Park
(Mega Drive)

O filme é ótimo, marcou época e a minha infância. Mas o jogo ganhou vontade própria. Um verdadeiro exemplo de adaptação que consegue ser ainda mais divertido que o filme. Da pra se escolher entre ser o herói, Dr. Alan Grant, protagonista do filme, ou um vilão, como o Velociprador. Conta com cenários e ambientação digitalizada que deram certo. Ganhou ainda uma continuação (Rampage Edition) e mais um jogo baseado na continuação do filme, O Mundo Perdido Jurassic Park (The Lost World: Jurassick Park), esses também merecem destaque como grandes adaptações.

Warlock
(Mega Drive)

O jogo é uma adaptação livre de uma série filmes de terror cultuado nos E.U.A. O enredo é completamente diferente dos filmes e com um segmento mais convincente. Você pode fortalecer suas magias encontrando poções e pedras mágicas num misto de RPG e ação. O jogo também está disponível pra SNES.

Demolition Man
(3DO)
Baseado no filme O Demolidor (com Silvester Stallone e Wesley Snipes) este é sem dúvida um dos melhores jogos de Ação do 3DO. Isso já se percebe nos primeiros minutos do jogo. Se é mais um que se parece com um Mortal Kombat, e daí? Jogue e comprove. O jogo tem ótima qualidade gráfica, sonora e jogabilidade.

Os Jogos da Disney
(16 Bits)

Aladdin (Mega Drive) e The Lion King (A adaptação de O Rei Leão para Mega e SNES, que seguiu os moldes de Aladdin de Mega) são só alguns exemplos. Por quê se concentrarem em criticar a bendita jogabilidade de Fantasia (Mega) se temos tremendos exemplos como esses? Às vezes penso que tudo isso é um plano pra destruir a imagem dos jogos antigos e favorecer comercialmente os medianos jogos da atualidade. Resultado! Críticos especializados e fã puxa-saco-de-console-moderno não conseguiram levantar a poeira pra atualidade. Possível Solução: as empresas resolvem enganar. Tentar apagar a memória do passado, retrocedendo com infinitos remakes. Porque o mercado dos games anda como o cinema, saturado. Pior é que nem criatividade para título andam tendo, muitas vezes acabam remetendo ao título da obra anterior. Por mais que o jogo seja bom (ou não).

Por quê chamar de Sonic The Hedgehog  um lançamento pra Playstation 3 se ele já era conhecido assim no Mega Drive?

Ou Street Fighter IV se ele não é cronológicamente uma continuação de Street Fighter III?

Exemplos de Títulos ou Remakes desnecessários. Uma falsa propaganda para arrecadar $$. Sorte que, às vezes, eles acertam e ainda ter público. Mas como diz aquele velho ditado protestante e esquecido: - Deixem os clássicos em paz.Se você quer jogar de novo um jogo antigo de sua infância.. trate de comprar um console velho. E fico feliz que no Japão ainda prestam grande importância a videogames antigos, tendo lojas especializadas.

E mais outros exemplos.

Menção Honrosa..tanto de adaptação de filme quanto de remake:
Street Fighter The Movie 
(Arcade)


Muitos aí criticam o jogo e o filme do jogo. Mas o nome que leva ao título é sincero. Não remete a Street Fighter III (sabendo que muitos o esperavam na época), nem mesmo o Street Fighter Zero é assim (que remete a elementos do longa animado). E nem mesmo se chama apenas Street Fighter (como o novo Mortal Kombat, que no projeto era chamado de Mortal Kombat 9). Dizem as más linguas que jogos digitalizados tem o costume de envelhecer mal. Mas o título é sincero.. The Movie (O Filme). Logo você vê o produto e percebe que é um jogo do filme. Por que fugir a natureza? Tudo deveria depender do conteúdo e não do título. Mesmo você não gostando do jogo, é totalmente seguro dizer que esta adaptação tem uma ambientação muito mais fiél aos jogos de origem do que o próprio filme. Ryu dando Hadouken (de verdade), Ken dando Shoryuken de fogo e o Zangief dando pilões 360º. E mesmo assim, eu ainda queria ter visto um adventure digitalizado do filme com o Guile usando sua metralhadora em um jogo de plataforma no Mega & Snes.
Há quem diga que as notas positivas de muito desses jogos da época seria uma armação ou uma negociação da empresa com a impresa que publica essas revistas. Mas se fosse assim, isso estaria acontecendo até hoje e toda e qualquer crítica especializada estaria fadada ao fracasso do suborno (não importa quem seja: Gamers ou EGM Brasil). E a tão endeusada adaptação do Wolverine de PS 3, na verdade, não seria tão bom assim ou apenas bom pra sua época, não?
 
Se você nasceu para os games na geração Playstation.. por favor, entenda:

- O mundo dos games não nasceu na geração Playstation 2. Por mais sucesso que ele tenha feito, ele é apenas mais uma cria do processo.
Mestre Rebelde Sem Causa Ryu (eu mesmo).

PÓS CRÉDITOS

E FALANDO EM JOGOS BASEADOS EM FILMES.. RECOMENDAÇÃO DOS AMIGOS

ROBIN HOOD: PRINCE OF THIEVES
(NES)

E O Solo Player entrou na dança e explica o por quê em seu artigo no nosso afiliado Jogando Com Os Amigos. E faz menções honrosas também a Ice Age 2 (Playstation 2). Isso prova que bons jogos baseandos em filmes já fazem história há muito tempo. Valeu!

Um muito obrigado a todos que apóiam o movimento. Quem tiver algum jogo que gostaria de recomendar é só mandar.

5 Hit Combo :

Solo Player disse...

Mestre Ryu, com todo respeito, pode editar o post: Cadê o http://www.jcoas.com.br/2011/04/robin-hood-prince-of-thieves.html

Jogo excelente...

Adoro o Warlock de Snes também. Apesar de ter feito bem genericamente, você esqueceu de citar os jogos do Ducktales, Tinytoons, do Pato Donald, que são ótimos e são adaptações... E tem vários outros exemplos... Era no Gelo 2 para Playstation 2 é ótimo também... Senhor dos Aneis... Posso ficar aqui o dia todo...

Agora generalizar porque o jogo do Narnia, do Harry Potter e dos X-men o Filme é ruim... Ae é complicado...

Ótima postagem... Tá de parabéns...

Mestre Ryu Kanzuki disse...

@ Solo Player
Mas é claro!! Eu só fã do filme e do Kevin Costner. Olhando alguns vídeos no You tube, esse jogo me parece ser realmente uma adaptação exemplar de filme. Eu mencionei o seu review na parte pós créditos.

Eu me foquei apenas em adaptações diretamente de filmes. Mas esses outros jogos que você citou, vale um mame global. Há muito o que se falar sobre adaptações e muitos jogos desse genero a se citar que, infelizmente, são ignorados.
muito obrigado pela sua particpação. E se galera tiver mais jogos para serem citados eu atualizo com o maior prazer.

Solo Player disse...

@Mestre Ryu

Eu vi o Michael Jackson ali na sidebar do seu blog e lembrei que o Moonwalker de Master System fez muito sucesso, se é bom eu não sei, mas que fez sucesso fez...

Do lado ruim, temos o De Volta para o Futuro, que eu não conheço nenhuma participação descente...

Mestre Ryu Kanzuki disse...

@Solo Player
Aqui no blog tem um review da versão Master que eu fiz: http://santuariodomestreryu.blogspot.com/2010/06/dedo-no-joystick-michael-jackson-s_4795.html

Synbios disse...

Valeu pela dica de post. Realmente os jogos antigos merecem respeito, destaco dois aí da lista:
O Street Fighter the Movie é muito divertido, muitos tem preconceito mas ele faz o "dever de casa" e cumpre bem o seu papel. E minha música preferida dele é justamente aquela que você colocou no álbum de Natal.
Alien vs Predador foi por muito tempo meu Beat em Up preferido, por quase duas décadas, desde que foi lançado até quando comprei o XBox 360, só perdeu o trono pra mim quando descobri o Guardian Heroes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...