Em Destaque

terça-feira, 15 de junho de 2010

Dedo no Joystick: Captain Planet And The Planeteers (Por: Rafael Lima - Especialmente Convidado)


Esta postagem apresentará uma análise muito especial e imaginativa sobre o jogo da famosa série animada dos anos 90, Capitão Planeta, para o Amiga 500. Ele foi escrito por Rafael Lima - Shatterhand (famoso membro da comunidade Mega Drive e dono de um reino parceiro nosso, Joystick Smash). O texto foi publicado originalmente na revista digital Inglesa APOV. Lembrando que todos os textos e imagens foram utilizados sob licença dos donos.
Mestre Ryu


Testando Jogo: Captain Planet And The Planeteers (Amiga 500)
Era um lindo dia nos anos 90 quando cinco adolescentes de diferentes países ao redor do mundo foram chamados para um encontro em um lugar secreto. Eles estavam esperando alguém para explicá-los o que estavam fazendo ali - Wheeler da América do Norte, Gi da Ásia, Linka da União Soviética, Kwane da África e Ma-Ti da América do Sul. Quando eles já estavam cansados de esperar, uma mulher apareceu, e começou a falar: Oi, eu sou Gaia, o espírito da Terra. Vocês provavelmente estão se perguntando porque foram chamados aqui. Pode apostar que sim - respondeu Wheeler.

Gaia continuou: Bem, parece que alguem finalmente percebeu que eu estou sendo atacada todos os dias, por muitos gananciosos poluidores que destruiriam a Mãe Natureza apenas por um pouco de dinheiro. Então vocês foram chamados para me ajudar.
Então nós seremos um grupo ecologista adolescente que ajudará a mãe natureza? Maneiro! - disse Linka
Não, não funcionam dessa forma.
- respondeu Gaia. Todos vocês e eu estaremos numa série de desenhos animados na televisão sobre coisas ecológicas. Parece que se ensinarmos às crianças hoje, elas não me destruirão amanhã. Eu darei um anel para cada um de vocês.
Porque diabos eu iria querer um anel? - reclamou Wheeler.


Gaia ignorou o moleque e continuou: Cada um desses anéis tem poderes especiais baseados nos principais elementos da Terra. Wheeler terá o anel do fogo. Gi receberá o anel da água. Linka ganhará o anel do vento. Kwane usará o anel da Terra, e o pequeno Ma-Ti terá o anel do Coração.

Coração? - perguntou Ma-ti - Quando foi que coração se tornou um poder elemental?

Eu não sei - respondeu Gaia - Pergunte aos roteiristas. Continuando, se vocês todos usarem o poder dos seus anéis ao mesmo tempo, vocês chamarão o Capitão Planeta.

Quem diabos é Capitão Planeta?
perguntou Wheeler, de novo.


Gaia respondeu: Capitão Planeta é o defensor mais poderoso da Terra, mesmo que ele pareça meio idiota com sua pele azul. Ao final de cada episódio ele ensinará às crianças sobre reciclagem, dietas vegetarianas e coisas desse tipo.



Chaaatoo!! - resmungou Wheeler. Gaia continuou: Vocês serão chamados 'Planeteers' e o nome do show será 'Capitão Planeta e os Planeeters'.
Droga, eu achei que seríamos as estrelas do show! - reclamou Kwane.
Chega de reclamarem, que saco! - continuou Gaia - Agora vão, e façam um grande espetáculo para as crianças!


E eles foram, e fizeram uma grande série animada que as criança adoravam. Um ano se passou, e eles foram chamados novamente para um novo encontro com Gaia.

Olá garotos, eu tenho uma nova missão para todos vocês," ela começou "Parece que o nosso show tem feito muito sucesso, e a Mindscape acabou de comprar a licença para fazer um jogo de computador sobre nós! Maneiro! Eu adoro jogos de computador! disse Ma-Ti. Como vai ser o jogo?



Será um jogo de plataforma - respondeu Gaia - Vocês serão controlados pelo jogador que escolherá no início de jogo qual planeteer ele quer controlar. Cada Planeteer terá sua própria fase e cada fase terá um certo objetivo a ser alcançado. No início apenas dois personagens estarão disponíveis, mas toda vez que o jogador vencer uma fase, outra ficará disponível. Cada Planeteer terá um poder específico, de acordo com o anel que ele usa. O poder será utilizado para vencer muitos desafios. Também tem que se ter cuidado para não cair de uma grande altura, já que isso será fatal. Oh, eu odeio quando isso acontece. - Disse Gi.

Sim, é horrível. Mas se o jogador apertar o botão antes de tocar no chão, o anel poderá ser usado para evitar a morte. Por exemplo, você Gi, pode criar uma rampa de gelo bem abaixo de vocês, para que você escorregue por ela e evite a morte. Wheeler, por exemplo, infla um balão que o envia de volta para a plataforma de onde ele caiu. Eu achei que você tinha falado que usaríamos o poder dos nosso anéis para evitar esse tipo de morte, disse Wheeler, Mas eu não consigo entender o que um balão tem a ver com fogo.

Erm, bem... vocês também terão que evitar os bandidos, ou se livrar deles usando o poder de seus anéis. - Continuou Gaia - Qualquer inimigos que vocês atacarem com seus anéis iram seguir vocês, adicionando ao seu multiplicador.


O que é um multiplicador? - Perguntou Linka.


Nossa Linka, você nunca jogou um videogame? - Respondeu Gaia - Se você ganhar pontos, eles serão multiplicados pelo seu multiplicador. Mas se vocês morrerem, ou tiverem que usar o poder dos anéis para evitar morte de uma queda, todos os bandidos seguindo vocês irão desaparecer, colocando seus multiplicadores de volta a 1.


Isso parece muito legal! - Disse Wheeler - Aposto que esse jogo vai ser o máximo!
Bem... na verdade, não vai ser não - Disse Gaia - Pra começar, os bandidos vão ser desenhados por uma criança de oito anos. Ou pelo menos é assim que vai parecer. Os cenários de fundo vão parecer o mais simples possível. Bem, pelo menos vocês Planeteers não vão ficar muito feios.


Que bom, eu odiaria ficar feia! - Disse Linka.


Mas não fique tão feliz, porque vocês vão ser horrivelmente animados. Musicalmente o jogo vai ser, bem, mediano. Mas o que realmente vai matar o jogo será seu gameplay superficial. disse Gaia. Veja, a primeira fase não será muito difícil, mas os inimigos vão atirar uns negócios que serão impossíveis de desviar a maior parte do tempo se você estiver próximo demais. Mas nas fases mais avançadas a coisa vai ficar ridícula, e vocês irão morrer muitas e muitas vezes vítimas de coisas que serão impossíveis de evitar.


Eu nunca morri antes - disse Ma-Ti - Estou doido pra ver como é!


Não se preocupe, a sua fase vai ser extremamente frustante, você vai morrer muito! - Disse Gaia. Os jogadores não poderão controlar vocês no meio do salto, o que significa que irão errar muitos pulos, o que significa muitas mortes novamente. O jogador também ficará andando sem direção muitas vezes, sem ter idéia do que fazer, já que a maioria das fases são bem grandes e não possuem nenhuma dica para guiar vocês.

Gaia, esse jogo não parece ser nem um pouco bom - disse a esperta Linka - Por que você está colocando a gente nesse jogo?

Bem, por dinheiro é claro! - respondeu Gaia - Todo jogo baseado num desenho animado sempre vende muito!


Mas não é por causa do dinheiro que as pessoas continuam destruindo você? - disse Ma-Ti. Erm, bem... Gaia não soube como responder isso, e acabou explodindo, destruindo toda a natureza no processo.
Ótimo! Pelo menos agora não precisamos mais perder nosso tempo protegendo-a - disse Wheeler.


Em agradecimento: Rafael Shatherhand Lima (especialmente convidado e autor da análise), revista APOV e o site HOL.


Título Original: IDEM
Ano:
1990
Fabricante/ Distribuidora:
Mindscape
Sistema:
Amiga 500
Textos (
Análise): Rafael Shatterhand Lima (Joystick Smash, Ehduka!)
Publicação Original:
Revista APOV - Amiga Point Of View (©2003 Todos Os Direitos Reservados)
Imagens
: HOL (Hall Of Light)
Revisão
: Mestre Ryu
Veja também a Matéria Original em Inglês publicada na revista em PDF: Clique Aqui
Este Material foi cedido (e traduzido) gentilmente por Rafael Lima (Shatterhand)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...