Em Destaque

sábado, 14 de junho de 2014

[De Olho na Copa!] Origens do Futebol (Por: Vitor Netto & Mestre Ryu)

NESTA POSTAGEM

MUITO ALÉM DA ODISSEIA
Origens do Futebol

PASSE EXTRA
Regras Polêmicas do Futebol#1: Impedimento
Regras Polêmicas do Futebol#2: Gol Contra


---MUITO ALÉM DA ODISSEIA---

Origens do Futebol
Por: Vitor Netto (Origem no Brasil) & Mestre Ryu (Origem no Mundo/ Introdução)
Revisão & Adaptação: Mestre Ryu Kanzuki

Um dos esportes mais populares na Europa e nas Américas, o futebol, já existia há muito tempo. Evidências antigas do futebol se localizam na China durante os séculos II e III A.C. Na China, foi durante a dinastia Han aonde pessoas driblavam com bolas de couro chutando-a para uma pequena rede. Fatos históricos registrados também se referem que Gregos e Romanos costumavam jogar bola para se divertir. Algumas evidências em Kyoto, no Japão, comentava-se que jogar bola era um esporte popular. 
"Para os ancestrais, o futebol era um esporte popular e violento"

Durante a época medieval, dizia-se que a velha forma permitia práticas selvagens como chutes, socos e mordidas. Alguns fatos divertidos relacionavam que a primeira bola usada era a cabeça de um bandido Dinamarquês. Em outros casos, chegavam até a mencionar que se usavam cabeças de boi. A selvageria dos primórdios do futebol levou ao Rei Edward II proibir o esporte em 1365 devido aos crescentes incidentes de violência e indulgência militar no esporte. Em 1424, o Rei James I da Escócia também proclamou no Parlamento com os dizeres: "Nenhum homem deve jogar futebol". 

Quando e onde exatamente surgiu o futebol é uma resposta que ainda se desdobra em mistério. Pode-se até dizer que este jogo popular tem sido jogado por mais de 3.000 anos. 

Porém, o crescimento do futebol moderno dever ser creditado à Inglaterra. Em 1815, um grande desenvolvimento começou popular nos colégios e universidades. A popular escola pública inglesa "Eton College" trouxe um conjunto de regras, conhecido como as regras de Cambridge. O Futebol foi segregado em dois grupos: algumas faculdades e colégios optaram-se por regras de Rugby - que permitia tropeçar e continuar chutando ou carregar a bola. Essas regras foram proibidas exclusivamente nas regras de Cambridge.
As regras do futebol se estabilizaram em Outubro de 1863. Onze representantes de escolas e clubes de Londres reuniram-se na taverna do Maçom para configurar regras fundamentais comuns para as partidas entre si. O resultado dessa reunião foi a formação da Associação de futebol. Em Dezembro de 1963, o futebol Rugby e o futebol se separaram em definitivo e as regras da escola Rugby se foram. 

O nosso futebol começou a ser praticado por trabalhadores antes de ser praticado pelos clubes. Existem duas versões para origem do Futebol no Brasil como as mais aceitas. São elas:

1ª - Charles William Miller - (1874- 1953)
 
Brasileiro, foi estudar na Inglaterra onde o Futebol já era muito popular e de lá trouxe consigo: Duas bolas; uma cartilha com as regras do futebol; uniformes usados e chuteiras.

Segundo os historiadores a primeira partida foi disputada no bairro do Brás em São Paulo. A partida foi entre Companhia de Gás e a Companhia Ferroviária de São Paulo. O jogo foi 4 X 2 para Companhia Ferroviária.


No Estádio do Pacaembu a praça leva o seu nome. O local foi inaugurado em 27 de abril de 1940, com a presença do então presidente da República, Getúlio Vargas (1882-1954), recebido a vaias pelos paulistas depois do episódio histórico da Revolução Constitucionalista de 1932.



2 ª- Thomas Donohoe - (1863-1925)

Técnico da firma Inglesa Platt Brothers , foi contratado pela Fábrica de Tecidos Bangu. Thomas teria trazido uma bola em 1894 e teria acontecido o jogo entre os operários da Fábrica. O campo onde foi disputado a partida, atualmente é o estacionamento do Bangu Shopping.














Conclusão:
O nosso Futebol já nasceu um pouco polêmico. E então Charles Miller ou Thomas Donohoe? A versão mais aceita é a de Charles, embora alguns historiadores afirmam que Thomas Donohoe foi o introdutor do futebol no Brasil.

Um fato inegável é que o Futebol faz parte da cultura do Brasil, mexendo com o imaginário dos torcedores apaixonados.

Bibliografa: Google, Wikipedia, Soccer History, Prefeitura de São Paulo, Bangu Atlético ClubeFIFA e Wikipédia.       
   


---PASSE EXTRA---
Regras Polêmicas do Futebol#1: 
Impedimento
Por: Mestre Ryu kanzuki

Essa regra é uma das mais complicadas. Quem não conhece ou se interessa por Futebol, se perde. Vamos lá:

1) O impedimento  geralmente acontece quando o jogador está à frente do penúltimo adversário  no momento em que este passe sai do pé de seu companheiro.

2) O impedimento também acontece quando o jogador está a um passo a frente no campo do goleiro, adiantado dos demais jogadores. 

Apesar de muito criticado, o impedimento evita que dois ou mais jogadores do mesmo time fique de marcação no campo do goleiro adversário o que resulta em um atrapalhamento no desenvolvimento técnico da partida. 

Impedimento polêmico contra o gol do Cruzeiro no Atlético-PR:

Para descontração, um vídeo em que mulheres opinam sobre a regra: 

Fernanda Colombo Uliana: A Bandeirinha Musa. A Catarinense de 22 anos, ficou conhecida por um impedimento polêmico contra o Cruzeiro. 

Segundo o Jornal da Paraíba, Fernanda foi alvo de críticas devido o suposto impedimento incorreto contra o time. Como é comum no no esporte, o diretor de futebol, Alexandre Mattos, agiu com comentários de forma machista em uma entrevista à Rede Globo: "- Essa bandeira é bonitinha, mas não está preparada. Os caras gritam, e ela erra. Provavelmente ela vai ganhar de presente outro clássico na semana que vem. Ela é bonitinha, mas tem que ser boa de serviço. O erro dela foi muito anormal. Se é bonitinha, que vá posar para a (revista) ‘Playboy’, não trabalhar com futebol".

 (Salvem a musa!) Bandeirinha levando bolada em campo:

Regras Polêmicas do Futebol#2: 
Gol Contra
O jogador Marcelo fez o primeiro gol contra do Brasil na história das Copas

Gol contra consiste em um gol (pontuação) provocado por um jogador do mesmo time na rede da linha de campo do time adversário. 

- O primeiro gol contra da história foi em 1888 por  Gershom Cox, do Aston Villa, que acabou marcando a favor do Wolverhampton.

- O mais trágico gol contra aconteceu na Copa de 94. O zagueiro Colombiano Andrés Escobar tenta cortar um cruzamento do Norte-Americano John Harkes com um carrinho, mas manda a bola acidentalmente para a rede. O resultado desclassificou o time do torneio e causou o assassinato de Escobar. 

Vídeo sobre o Gol Contra de Escobar:

Ainda que tenhamos evoluído como seres humanos, ele ainda herda heranças brutas de seus ancestrais. E mesmo com toda a evolução e regras do futebol, encontramos torcidas organizadas brigando e se matando pelos resultados.

Moral da História: O esporte evoluiu, mas não evoluímos o suficiente. 

- Um dos maiores "gols contras de propósito" foi na Tiger Cup 1998. Um jogador Indonésio fez o 3ª gol da Tailândia para que o seu time fugisse do confronto contra o Vietnã, na semi-final da competição. O resultado acabou em 3x2. 


Os perdedores teriam de enfrentar Cingapura, considerado como os mais fáceis da oposição e também como uma forma de evitar a inconveniência de se mover a base de treinamento da equipe de Ho Chi Minh para Hanói durante as semi-finais.

Moral da História: A FIFA multou as duas equipes em U$$ 40.000 por "Violar o Espírito do Jogo". Mursyid Effendi foi banido do futebol Indonésio por 1 ano e do Futebol Internacional para sempre. 

Confira também: 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...